Cetelem

Será preciso escrever muito sobre o abuso que a cetelem, instituicao credora faz, e que bando criminoso esta a associado?

Cobram 20 euros se não pagar a tempo a prestação mensal e se pagar a prestação mesmo antes da próxima factura ser emitida, ate ao dia 20. O pagamento dos 20eur ainda e acrescido na mesma.

Antes ainda esperavam uns dias para ver se na conta já tinha dinheiro, e cobravam 3,65 e depois 7eur… a Cetelem provavelmente deve querer acabar com a worten e seus clientes. Mesmo estando no fundo de desemprego ainda cobram.

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


9 Comentários para “Cetelem”

  1. Boa noite.

    Acabo de ler os vossos desabafos sobre estas ditas entidades.

    Tal como vocês, já passei por situações idênticas….e cheguei a uma conclusão! Tudo bem que eu podia/era enganado, mas também não me informava como devia, independentemente dos funcionários em causa e, se há coisa que sabemos é que empregados incompetentes ou a cumprir certas ordens é o que não falta. Mas, dito isto, tenho uma questão pertinente a fazer a todos:

    – alguém leu TODO o contrato do cartão worten?? Vem lá tudo até ao mais ínfimo pormenor….até dá para vocês fazerem as contas ao juro mensal e de atrasos de pagamentos etc…eu faço!

    – Situação de desempregado?? Vem lá a informar como proceder para a activação desse seguro….Qual a dúvida??

    Se há coisa que me apercebi ao longo dos tempos, é que não devemos fazer juízos de valor errados seja sobre o que for….Relativamente ao atendimento telefónico por parte dos funcionários, alguém aponta o nome do sujeito para se necessário posteriormente apresentar uma queixa formal identificando a pessoa à empresa??? Provavelmente a resposta de todos é não….esse é o 1º problema!!!

    – Para quem aderiu ao cartão, assinou um contrato, correcto?? Perante a lei quer dizer que concordou com as condições gerais….por pior que elas sejam, mas ACEITARAM!!! A partir daí, têm de cumprir as cláusulas, caso contrário, dão-lhes o direito de fazer as devidas cobranças (independentemente da nossa opinião).

    – Antes de assinar o contrato ao qual pediram adesão, deram-se ao trabalho de o ler na íntegra?? Claro que não, como bons portugueses que somos, NUNCA o fazemos….Mais do que nunca,está na hora de se começar, assim não caímos nas teias que nos tentam aprisionar financeiramente.

    – Apesar de um péssimo funcionário de qualquer destas instituições, não quer dizer que a casa, tenha culpa. Como tem péssimos, também tem excelentes. Cabe-nos sermos cívicos e repararmos que estamos a ser mal atendidos e pedir a alteração do colega e passar a outro realmente competente….A história muda o desfecho de certeza. FALO por experiência geral, acreditem.

    Tal como vós, eu tinha esse tipo de atitudes e nunca me adiantou de nada. Então mudei a minha postura perante estas adversidades e comecei a jogar pelo seguro. A partir daí, nunca mais houve SURPRESAS desagradáveis, pois já sabia o que me esperar.

    Mesmo em contacto com a seguradora deles, já identifico que no contrato está descriminado tal situação que me dá o direito de X e Y. Poupo-os do trabalho de me tentar aldrabar e eu não atraso a situação, seja ela qual for. Para além disso, se o funcionário não perceber nada, eu ao referir as cláusulas do contrato, já vai ver de antemão como o resolver, não batendo de frente comigo e gerando conflitos desnecessários!!!

  2. antonio marques diz:

    atrazei me com as prestaçoes de um credito automovel, assim que pude pagei tudo, com juros, tipo asalto, mesmo assim ameaçam me que vão me por em tribunal, mesmo não devendo nada ao banco devo a prestação seguinte, mandaram umas cicilianas da familia D. Carleone, ameaçar, como as pessoas não prestam esquecem que eu sou das barracas. claro pelo telefone, gente ordinaria, pensando que o banco era uma instituição séria e que está enteressado é em receber, o emprestimo com seriedade, arranja gente porca para falar em nome do banco. eu depois conto mais

  3. Diamantino Marreiros diz:

    Boas
    Eu também fiz alguns empréstimo a cetelem.e dez de outubro que cancelei um empréstimo por erro da entidade fornecedora e a cetelem continuo a retirar a mensalidade só em dezembro e que reparei então ligue fiz cartas etc lá devolveram o dinheiro mas não pra mim mas sim para outro cliente onde tinha um empréstimo e o ultimo nome igual ao meu então eles pensaram que era a mesma coisa ate hoje estou esperando.mais
    Então como não tinham por onde roubar juntaram o outro empréstimo que tinha e todos os meses retiravam €27,50 valor correto e colocavam o mesmo número de credito e tiravam mais €30,00 e depois mandavam uma carta a dizer que a prestação esta em atraso + €57.50 eu não sabendo porque ia parar a casa de minha Mae então ela pensava que eu não tinha pago ela pagava isto desde outubro de um empréstimo de €279,00 estou farto de ligar para eles e não resolvem nada a desculpa deles e que não tinha dinheiro na conta e eu disse e mentira eu recebe sempre a 27 de cada mês então tirei fotocopias da caderneta para lhes provar como sempre estava lá dinheiro, outra ligada a desculpa era que o banco não autoriza o levantamente no dia 1 e eles levantam ao dia 2 para pagar mais €30.00 bom. Mesmo que fosse assim agora por 1dia pagar mais €30,00 isto e o que? Foi ao banco saber e disseram que não os débitos estão autorizados.ligue de novo e passei-Me da cabeça desligaram ontelefone 3vezes.
    Foi ao banco e cancelei os débitos e não pago mais nada enquanto não resolverem isto
    Agora pergunte se alguém Me pode ajudar a resolver isto porque ainda tenho muito dinheiro haver deles eles tem de dar Me dinheiro aguardo uma resposta para meu mail abraços para todos e desculpem os meus erros e meu mão português escrito espero que percebom

  4. joao diz:

    eu tanbem esto a ser burlado fis um credito de 750 euros em 2007 ja estamos em 2011 e ja tenho pago 1440 euros em 4 anos

  5. andre diz:

    Fiz uma compra na singer que deu insolvencia acontece que congelaram o meu ordenado em que lhes devia 4000 euros quando a compra nao passava dos 400 euros provei que tinha tudo pago e ganhei a questao em tribunal eles utilizaram os meus documentos antigos e a minha assinatura dizendo que esse contrato era valido para qualquer credito cuidado com eles e ja houve muitas pessoas a cair nesse conto do vigario eles tentam de tudo e depois e so euros a pagar nos tribunais e em advogados deviam fechar essa instituiçao e uma vergonha

  6. Costa diz:

    É inadmissivel que uma empresa como a Worten trabalhe com uma financeira como a Cetelem. Só devem querer perder clientes, certamente.
    Devido a um atraso de 2 dias num pagamento por esquecimento pois tinha procedido a uma anulação de débito num banco para posteriormente o fazer noutro, enviaram-me uma penalização igual ao dobro do valor mensal a pagar, dizendo-me depois de lhe ter ligado a reclamar, que fazem isso com todos os clientes…..
    Devem pensar que toda a gente é bananóide…..
    Talvez porque este país esteja a “saque” é que essas instituições sem escrupulos fazem isso.
    Aínda por cima dirigi-me a uma loja Worten onde expus o problema perguntando se eles gostariam de ficar sem 2 bons clientes. Fui atendido pelo gerente que inclusive me disse que o que me estavam a fazer era um roubo…. O senhor bem tentou anular esse “roubo” mas o que lhe disseram é que fazem isso a todos os clientes e que nada poderiam fazer pois eram essas as ordens que tinham pois estavam no contrato…..
    “mama!”. Adeu Worten e o seu cartão zito…….. Para mim tanto é culpado o ladrão como o que fica a vigiar….
    Fujam dos cartõezitos !

  7. Carla diz:

    Comigo não foram ao banco buscar a mensalidade (18,90€) e disseram que o banco os informou que o débito directo estava cancelado, pura mentira, fui falar ao banco e está activo e não caiu lá nenhuma ordem de pagamento.
    Agora querem que lhes pague 40€ de 2X a devolução do débito directo. Estão completamente loucos. Já paguei o que restava da minha divida que eram 3X18,90€ e agora ameaçam-me por causa dos 40€ das devoluções.
    Vou para a Deco e para o Banco de Portugal.

  8. clara diz:

    Julgava que por estar desempregado ficava dispensado de pagar as prestações?

Deixa um comentário