Cofidis

A minha queixa é contra a Cofidis

Tenho um contrato de credito com a Cofidis cuja prestação mensal se vence a dia 5 de cada mês. Acontece que tenho as prestações em ordem, mas alguns meses pago a prestação por multibanco por volta de dia 15, pois é a altura que posso.

A Cofidis em nada perde, pelo contrário, pois aplica quase 100 euros de juros, por este atraso. Bom, a questão é que todos os meses, a partir do dia 5 ate ao dia em que pago a prestação, sou bombardeada por umas 5 ou 6 cartas da Cofidis, telefonemas ameaçadores para o meu telemóvel pessoal, para o do meu marido, para o meu local de emprego e do meu marido e já chegaram ao ponto de ligarem para casa dos meus sogros!

Os cobradores mudam de nome de mês para mês, mas a forma como o fazem é a mesma. Não se identificam com nome e apelido, e insultam, ameaçam, são mal educados, arrogantes e gozam o que se conversa com eles. Eu pergunto, será a Cofidis protegida pelo estado? Por quem a Cofidis protegida?

Eu não me parece normal esta forma de lidar com as pessoas! Quando vejo um anuncio da COFIDIS nas televisão, pergunto me, quem e esta gente?

Este foi o meu primeiro passo em termos de reclamação, mas estou tentada a ir até onde me for permitido, pois sou Portuguesa e exigo o respeito que me e devido e que as leis me defendam!

Não posso admitir que um funcionárizito desta empresa me chame, caloteira, pague o que deve, que pensa que anda a fazer, que se passa com a sua vida, pois não pagou, pague a divida e cale se, afinal qual e o seu problema, não sabe que deve, pague de imediato senão…., exigo que vá pagar de imediato, senão…., Aí não pagou? que se passa? vá imediatamente pagar! sua caloteira!

Mas, afinal o que é isto? Está tudo bem? Estou a exagerar? Digam-me por favor, os senhores do direito!

By: Ana Correia

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


39 Comentários para “Cofidis”

  1. Jorge diz:

    A cofidis ate empresta a pessoas desempregadas, a ganhar rendimento minimo,

    Fazem prestacoes de 450 euros p mes a pessoas q ganham 500 euros p mes,

    Tudo facil por telefonoe na hora de pedir, nao mandam extratos mensais, nao avisam quanto se paga pelos juros do emprestimo, apenas dizem a taxa de juro, cobram 4 vezes mais do q aquilo q se paga, e depois sao eles os santos e o devedor o caloteiro??????

    Nunca um banco deve endividar um pessoa em mais de 30% do salario por mes se estes o fazem aguentem quando as pessoas nao podem pagar, ameacam ameacam mas no fim nao fazem nada, porque sabem que sao eles os ladroes e os juizes ja os conhecem bem, o maximo q acontece o juiz da-lhes 30% do salario por mes e mais nada.

  2. jose antonio diz:

    Boa tarde eu tb pedi um emprestimo a cofids, e como muita gente nao pude pagar no dia que eles queriam tentei convence los a mudar o dia pro fim do mes , fui ameaçado ,maltradado, tinha que pagar naquele dia e ponto final. entao eu resolvi o mal pela raiz nunca mais paguei nada ligavam-me ate um dia uma senhora ligou muito rude ,a dizer se nao pagar vamos a sua casa e vai ter que pagar, claro eu queria pagar nao fossem eles ter agido comigo de forma bruta, mas pra bruto BRUTO E MEIO. ntao eu disse aquela senhora ok venham a minha casa e perguntei se podia pagar com o corpo,e disse a senhora pra vir lavadinha que eu pagava ,desligou me o telefone, o tempo foi passando, e eu como tenho dupla nacionalidade resolvi partir para esse País donde tb sou cidadao , a alcunha deles foi o tas f……,ja passaram 5 anos secalhar agora a divida com os juros que eles cobram a minha divida deve ser de 1 biliao de euros lol, pessoal nao se intimidem com estes AGIOTAS de merda pk so o que eles cobram em juros muitas vezes manhosos ,eles nao ficam a perder. e esta é pro senhor fernando eu nao pago e nao tenho medo de ninguem

  3. anonimo diz:

    Eu acho uma piada…pedem e depois nao querem pagar.Precisaram de recorrer aos mafiosos da cofidis para que?Para se encherem de tralhas e mais tralhas?Pois é,ninguem fica a dever nada a mafia…senão…
    Meus queridos,AGUENTEM-SE!!!PAGUEM O QUE DEVEM!!! QUE EU POR CAUSA DO PAIS PENSAR COMO VOCES,TAMBEM ME LIXEI!E ADIVIVINHEM:NAO PEDI A MERDA DE NENHUM EMPRESTIMO, MAS TOU A PAGAR UMA GRANDE DIVIDA!!!
    TRAMADO NÃO É? TENHAM VERGONHA!!!

  4. jose diz:

    é lamentavel todas as queixas que fiz aqui contra a cofidis como por acaso desaparessem ou são apagadas para estes borlões não serve a verdade imeten ou dizem que existe seguro de credito e não existe nada ao que eu pude apurar a cofidis deveria ter vergonha e algum jurista que tivesse a coragem de processar esta entidade

  5. Liliana diz:

    Eu tambem só tenho coisa ma a dizer desses da cofidis, nem sempre a nossa vida corre como o previsto e esses gajos e gajas por muito que nos tentemos renegociar on nosso contrato que é um direito do consumidor eles não dão a minima ipotece e são mal educados de todas as maneiras

  6. tinha um credito com a cofidis com seguro deles que eles nem me sabem dizer qual a companhia seguro esse que me foi dito por eles que cobria invalidez e doença e que o seguro era obrigatório em maio de 2011 tive um acidente pelo qual fiquei invalido com uma taxa de igual ou superior a 80% e as quais tenho a carta de invalidez que o prova então lhes mandei todos os relatórios médicos e fotocopias da invalidez a primeira resposta desses senhores da cofidis que o seguro não cobria e teria que pagar se não fosse ao bem seria ao mal esta cofidis é mesmo corrupta engana o clientes como ainda os ameaça pois ainda por várias vezes lhes pedi onde estava o livro de reclamações deles nem resposta derão o meu advogado lhes pedio explicações eles nem resposta derão mas as ameaças continuão o que me apetece é de ir a lisboa onde eles tem a sede e ai ter uma explicação entre homens não com pessoas que se protegem atras de um telefone ou um competador mesmo sem poder andar pode ser que possão apanhar educação ou só se algum cowboy está a proteger a cofidis temos cá falta mas é de outro SALAZAR para as burlas acabarem só tenho a dizer a todos juntos podemos vencer contra a cofidis j.f.

  7. Fernando diz:

    Boas já pedi alguns emprestimos á cofidis, infelizmente não se consegue ter nada sem pedir emprestimos hoje em dia :(
    Sempre paguei a horas e nunca tive problemas.
    Realmente pagamos o dobro ou triplo do que se pede, e na minha experiencia não aconselho, e nunca mais vou pedir nada á cofidis.
    Mas do que li aqui, alguns pessoas tb não batem bem da cabeça, a vida dá muitas voltas e todos temos azares, e realmente ninguem gosta de se ser maltratado…mas, se pedem dinheiro, têm de pagar, existe um contrato a ser cumprido, querem o que? estas empresas não são a santa casa, sabiam onde se estavam a meter, se não podiam pagar no dia “x” porque fizeram o contrato para esse dia?
    Outros comentários, não pago e não tenho medo de ninguem, deviam ter vergonha na cara, se não podem pagar, não pedem, é simples. olha que lógica de merda, quero o guito e depois não pago porque não posso…não se metam em posições desagradáveis porque senão depois não vão gostar das consequencias. Estes meus comentários não são dirigidos a todas as pessoas que aqui colocaram opiniões, a carapuça serve a quem servir, conheço alguns cromos que vivem á grande com estes esquemas pedem tudo o que querem, compram por vicio, enchem-se de créditos, e depois “não pago, os politicos isto, as empresas aquilo, este país é de ladrões, etc.
    Espero que tenham percebido o que acabei de escrever, os que sentirem as orelhas quentes irão responder ;)

  8. Rui Martins diz:

    Pessoal também tenho o mesmo problema que todos vós…ou seja a história é igual à maioria, eu vou deixar de pagar, se nos juntar-mos todos e deixar-mos de pagar, eles vão-se render…eu sei que o pessoal tem medo,por causa do que possa acontecer…garanto-vos que o que acontece ,é melhor do que continuar a pagar estes agiotas, pois se fôr para tribunal o valor pago é menor e como muito mas muito mais tempo, o mesmo acontece se mandarem para uma empresa de cobrança e neste caso posso falar por experiência própria, paguei o que podia…sem juros, certo todos os meses, quando não podia pedia se poderia faze-lo em dia tal, não tive problemas…não me penhoraram nada, nem conta , nem nada…paguei em suaves prestações sem chatice…e livrei-me destes abutres.
    JUNTEMO-NOS TODOS, PARA ACABAR COM ESTES AGIOTAS.
    VAMOS LÁ PESSOAL, A MAIORIA DAS FAMILIAS ESTÃO À RASCA.

  9. Carlos diz:

    Aconteceu comigo uma cena parecida, atrasei-me na prestação, recebi a sms para entrar em contacto na sexta 7/12, no sabado 8/12 (feriado) ligaram para a minha esposa (eu tinha o tlm desligado), foram mal educados e arrogantes, eu estava a escutar ao lado e peguei no telemovel, a atitude do funcioñário mudou, perdeu a coragem (ja não estava a falar com uma mulher), fui “educado” com ele, apenas não o deixava falar e quando ele levantava o tom de voz a interrromper-me eu levantava o meu e dizia-lhe que agora falo eu e voce ouve, não me calei, disse que era assinante da deco, e se não moderassem a maneira de falar com as pessoas nao ia ficar quieto, ate porque não é meu objectivo nao pagar, até que o gajo passou para uma colega, que começou por ser simpatica, mas a mascara acabou por cair. fiz o mesmo com ela. acabaram por agendar o pagamento para dia 14. liguei hoje para lá, identifiquei-me, enviaram a sms com os dados, enviaram o e-mail com o endereço para enviar o comprovativo, tudo feito sem alvoroço, com simpatia até. no fim disse á funcionária que era mais simpaticoa que os colegas e ouvi um riso cinico do outro lado da linha. Espero não ter problemas no futuro com dizerem que ouve faltas de pagamento e que falta pagar mais isto e mais aquilo. tenho um contrato com um x valor em y prestações, tenho os estratos bancarios com as prestações pagas, a ver vamos, como diz o cego. O que fazem é ilegal, no minimo indecente, respondam na mesma moeda, não se deixem abater, em ultimo caso tratem-nos a eles mal, talvez seja descer ao nivel deles, pois é, mas eles sentem o próprio veneno.

  10. um nao cliente diz:

    ESSA EMPRESA SO CONTRATA ANORMAIS SEM EDUCACAO E FORMACAO, OU CASO CONTRARIO TINHAM PESSOAS (DIGO) FUNCIONARIOS COM FORMACAO AFIM DE RESOLVER OS PROBLEMAS CIVILIZADAMENTE COMO FAZEM AS OUTRAS FINANCEIRAS DAS QUAIS JA FUI CLIENTE QUE MUITO EDUCADAMENTE ME INFORMAVAM DE QUE TINHA A MINHA PRESTACAO EM ATRASO E OS CUSTOS QUE ACARRRETAVA UMA PRESTACAO EM ATRASO QUE NAO ERA LIQUIDADA NAQUELE DIA.
    TAMBEM JA ME LIGARAM A FAZER QUEIXAS DE UMA PESSOA CONHCIDA MAS NEM LHES DEI CREDITO O ASSUNTO NEM ERA MEU. POR ENQUANTO AINDA NAO TENHO DE PAGAR AS DIVIDAS DAS OUTRAS PESSOAS E SE A INTENCAO E DIFAMAR PARA MIM ISSO NAO TEM VALOR POIS ESTE PAIS TAMBEM DEVE E ESTA DIFAMADO E AINDA ASSIM NINGUEM RESOLVEU NADA.
    BOA SORTE, E LEMBREM-SE SEMPRE DESTA FRASE QUANDO LHES LIGAREM E RESPONDAM “SEM MEDOS” “VÃO CAGAR À MATA” E SE O ASSUNTO NAO E VOSSO NÃO ALIMENTEM A CONVERSA, MEUS AMIGOS O DESPRESO E O SILENCIO SAO AS MELHORES ARMAS PSICOLOGICAS PARA A cofidis. SE NOS NAO EXISTIRMOS ELES NAO SAO NADA POR ISSO CREDITOS COM AQUELA EMPRESA NUNCA. DIVULGUEM AOS VOSSOS VIZINHOS E AMIGOS COLEGAS FAMILIARES AVISEM TODA A GENTE PARA NAO EFECTUAR CONTRATOS COM ESTA EMPRESA. NOS E QUE MANDAMOS APENAS TEMOS DE DAR A VOLTA AO TEXTO. FAÇAM CIRCULAR A MENSAGEM

  11. marcio marques diz:

    no meu caso estou a cinco ,anos a pagar um credito de 5.000mil euros que devia ter ja acabado ao tudo ja da 9.000mil euros e eles me dizem que falta 4.000 mil euros mais tenho provas de como ja paguei este valor eles ligam a ameacar que tenho que pagar mais ja paguei ja vai fazer quase seis anos eles continue a melgar
    minha duvida se nao pagar mais nada porque ja acabei mais na cabeca deles nao acabei qual a cosenguecia

  12. Margarida diz:

    Também eu sou cliente Cofidis e sinto-me indignada pela maneira como tratam os clientes e como são insensíveis às dificuldades que um país inteiro passa. Alguém já pensou em apresentar alguma queixa no Banco de Portugal contra esta Instituição financeira e a sua forma de trabalhar? Não há uma legislação que estabeleça limites nos lucros que estes senhores podem obter com a cobrança abusiva de atrasos e com as taxas de juro aplicadas – 28%????
    Será este o caminho a seguir??? Não há ninguém que nos defenda destes tubarões?

  13. Maria Pinela diz:

    Esta empresa está muito mal formalizada em termos de Gerência e recusos humanos. Como uma empresa pode ter elementos com o 12º ano Incompleto e a gerir carteiras de clientes aquando tem funcionários que nem sabem fazer contas de Matemática, subtrair e dividir, que é o caso da colaboradora deles de nome Sandra Maria Carreira Pinto de Andrade!?

    Funcionários já me disseram, podemos não saber fazer contas de dividir, subtrair e multiplicar, mas tempos uma calculadora para K?

    Surrealista!

  14. José Cunha diz:

    De facto esta instituição financeira (Cofidis), são a maior mentira, isto para não dizer coisas piores….. Vou deixar aqui o meu testemunha, entre outras situações que tem havido até hoje. Este exemplo, espero que sirva de alerta para outros clientes que tenha a modalidade de crédito contratado com seguro:

    Em Março de 2009, celebrei um contracto de Crédito Pessoal na Cofidis de 3000€ por um periodo de 56 meses e a pagar 90€ por mês, as facilidades foram todas e a rapidez também. Depois de ter preenchido o contracto, de ter enviado os respectivos documentos solicitados e depois de já ter o dinheiro na conta, recebo um telefonema de uma colaboradora “muito simpática” (mal eu sabia onde estava-me a meter), a propor um seguro de crédito para salvaguardar acidentes pessoais, morte, desemprego, etc, com no valor de 9€. Pois bem, a minha pergunta foi simples, uma vez que não iria ficar mais pobre com mais 9€ na prestação (99€ – total), disse a senhora que tudo bem, podíamos avançar, do outro lado, muito prontamente, a respectiva senhora diz: Pois o valor dos 9€ ficam incluídos nos 90€ da prestação e eu perguntei, mas isso não vai ter acréscimos ou alterar o contracto? a senhora responde-me que não. Ok avancei……

    Qual é o meu espanto, quando passados 2 anos e porque nos respectivos extractos que me eram enviados o valor da divida descia pouco e do valor pago todos os meses só amortizava 18€ aproximadamente. Resolvi ligar para a linha do cliente e esclarecer tal situação. Do outro lado, quando eu pergunto quantos meses me faltam para terminar, respondem-me com a maior lata que me faltava 90 meses (fora os 24 meses que já tinham passado)….. Escusado será dizer que naquele momento passei-me, comecei ao berros com o colaborador pelo simples facto da cofidis não passarem de simples ladrões e que fazem tudo pela calada……. Reclamei e esperei que me esclarecerem o que levou ao aumento do prazo de contracto e porque andei eu a pagar dois anos quando ainda me faltava mais 90 meses….

    Enfim, fui contactado por outra colaboradora na tentativa de me esclarecerem…. Pois bem, só pelo facto do seguro de credito ficar incluído na prestação, o valor que deveria servir para amortizar serviu para pagar o respectivo seguro. Mesmo feitas as contas, nada bate certo….. Pois bem resolvi cancelar o respectivo seguro e o meu maior espanto foi quando a colaboradora me diz que a duração do contracto passa de 90 para 54 meses (36 meses só para o seguro), digam-me se isto não é roubar…… O seguro não estava no contrato inicial que eu assinei, foi adquirido via telefone e o mais grave no momento de adesão foi-me omitido o aumento de prazo do contracto…..

    Deixo aqui o aviso, quem tiver este tipo de seguro no credito cofidis, liguem para o apoio ao cliente e verifiquem….. caso contrario vão passar a vida a pagar um credito pessoal mais do que uma vez……

    Os melhores cumprimentos

  15. Fernando Melo diz:

    Olá a todos ..
    Pensava eu que era o unico … enganei me..
    Solicitei um cretido de 1000 euros a Cofidis em 2005 , pago
    todos os meses por transferencia bancaria 30euros estamos em 2012 e
    ainda devo 712 euros e nao me perguntem como , porque nao sei
    enviei um email com esta esposiçao , para que eu fosse esclarecido
    pelo assunto , qual é o meu espanto ; enviaram me um email com
    todo , menos com a pergunta que solicitei , nem sei o que deva
    fazer….È um caso serio para tanta gente com estes srs a terem esta postura .. Alguem escreveu que ligou para a SIC mas nestes
    casos penso que a TVI se sai melhor …Boa sorte a todos

    • marcio marques diz:

      ola a todos estou na mesma situacao que voce fiz um em 2006 de 5.000 mil euros que era para ser pago em cinco anos e ja vamos para 2013 e o meu ainda falta 4.000 mil euros para pagar como e possivel agora em dezembro deste ano ao tudo o que ja paguei da 9.000 mil euros vou meter num advogado como e obvio. vamos a ver quem ganha. e voces como fizer deixar de pagar? qual a conseguencia?

      • daniela diz:

        ola,
        Estou na mesma situaçao e tambem disposta a levar para tribunal a cofidis e os seus metodos.
        Imaginem que me oferecem uma reduçao de credito, dizendo que tenho de aceitar naquele momento e nao me sabem apresentar as condiçoes para essa reduçao, se sao mais dois ou tres anos,so sabe que para ter a reduçao de mais de 50euros por mes tem de ser naquele tefonema que tenho de aceitar e no dia seguinte a mesma conversa. Quando me atraso nos pagamentos recebo telefonemas inqualificaveis, pelo que quero exigir responsabilizaçoes,eu fiz um credito com uma instituiçao bancario e nao com uns arruaçeiros da pior especie.
        Quero ir para tribunal

  16. Rita diz:

    Isto não é maneira de tratar ninguém… Eu não sou cliente da cofidis, mas ao ler isto também nunca o vou ser.

  17. Revoltado!!!!! diz:

    Aos anormais chicos espertos que gerem a confidis!!!!Eu não pago tenho uma pequena divida com eles, e como não tenho possibilidade de pagar, AZAR!!!!!Escusam de ligar e de telefonar um milhão de vezes, foram ordinários, não sabem resolver civilizadamente os problemas que muitos portugues enfrentam neste periodo, a falta de dinheiro, tenham calma seus animais!!!!

  18. josé diz:

    boa tarde

    A cofidis não faz consolidação de créditos, nem maxicrédito, insiste em que as pessoas paguem, falam mal com as pessoas, ofenderam-me a mim e á minha família em questão, tratando-nos como malucos, e segundo a deco proteste são burlões a enganarem as pessoas, por isso tenham cuidado eu já contactei um advogado, vou apresentar queixa na psp, liguei á sic para investigarem.

    Esse banco é só publicidade enganosa na televisão, cuidado. façam queixa.

  19. nuno gonçalo diz:

    ola,
    fiz um credito com a cofidis em março de 2001 e andei a pagar o mesmo ate janeiro deste ano,paguei perto de 6000 euros de um credito de 400 contos na altura portanto fui roubado mesma finaneira em cerca de 300 e poucos contos,reclamei com eles alias ate ladroes lhe chamei e muito mais com toda a razao mesmo assim nao fui reembolsado pelos os mesmos ladroes.ameaças de penhoras,caloteiro etc.
    a minha pergunta.

    SAO UNS SANTOS OU SERAO LADROES?

  20. Tiago diz:

    Enviei o seguinte e-mail para a Cofidis e resposta da parte deles nada até agora.

    Aki não tem nada a ver com juros, trata-se deles receberem o dinheiro duas vezes e fazem que não viram e o consumidor fica a arder.

    Boa tarde. O meu nome é Tiago e estou a enviar este e-mail, devido ao seguinte facto que passo a mencionar:
    Eu fiz um credito para adquirir um computador portatil na loja Staples de Portimão no dia 17/03/2012 e no dia 1 de Maio do presente ano era suposto ser debitado da minha conta bancária o montante de 46,15€ que devido ao facto de eu nesse dia ainda não ter recebido o ordenado, o banco não permitiu que fosse debitado.
    Recebi então uma chamada telefonica por parte da Cofidis, na qual me foi pedido que efectua-se o pagamento por multibanco o mais tardar até dia 10 de Maio, sendo-me dados os seguintes dados: Entidade – xxxxx e a Referência – xxxxxxxxx.
    Assim sendo no dia 7 de Maio, como recebi o ordenado dirigi-me ao multibanco na minha boa fé, para efectuar o dito pagamento, Qual o meu espanto quando mais tarde por acaso precisei de retirar um extrato da conta e verifiquei que a cofidis já tinha recebido a quantia acima referida.
    Uma vez que me tinha sido dito da vossa parte que eu próprio é que deveria efectuar o pagamento através de multibanco, considero uma tremenda falta de respeito e de honestidade da vossa parte. E ainda por cima mesmo sabendo que tinham recebido o dinheiro duas vezes, nem tiveram a dignidade de me contactar para resolver o engano, dando-me a entender que não o tencionam fazer.
    Gostaria que fosse resolvido este equivoco, do qual o principal lesado fui eu, o mais breve possivel.

    Aguardo uma resposta a fim de resolver-mos este engano, pois eu não pensava falhar com o compromisso por mim assumido para com a Cofidis e gostaria de não ter de falhar.

    E acima de tudo garanto que se nos proximos dias não for resolvida a questão este caso que espero seja único e para não voltar a repetir, tratarei de expor a situação as autoridades competentes, a fim de não se voltar a repetir nem comigo nem com ninguém.

    Com os melhores cumprimentos
    e assinei.

  21. Alexandra Patrício diz:

    Boa noite a todos.
    A Cofidis é, efetivamente, algo absolutamente deplorável. Como tal, e porque também passo por uma situação semelhante, sugiro: intentem contra a empresa – PROCESSO CRIME.
    Boa sorte.

  22. sandra lucas diz:

    boa tarde A minha queixa é contra a Cofidis

    Tenho um contrato de credito com a Cofidis cuja prestação mensal se vence a dia 5 de cada mês. Acontece que tenho as prestações em ordem, mas alguns meses pago a prestação por multibanco por volta de dia 15, pois é a altura que posso.

    A Cofidis em nada perde, pelo contrário, pois aplica quase 100 euros de juros, por este atraso. Bom, a questão é que todos os meses, a partir do dia 5 ate ao dia em que pago a prestação, sou bombardeada por umas 5 ou 6 cartas da Cofidis, telefonemas ameaçadores para o meu telemóvel pessoal, para o do meu marido, para o meu local de emprego e do meu marido e já chegaram ao ponto de ligarem para casa dos meus sogros!

    Os cobradores mudam de nome de mês para mês, mas a forma como o fazem é a mesma. Não se identificam com nome e apelido, e insultam, ameaçam, são mal educados, arrogantes e gozam o que se conversa com eles.
    Este foi o meu primeiro passo em termos de reclamação, mas estou tentada a ir até onde me for permitido, pois sou Portuguesa e exigo o respeito que me e devido e que as leis me defendam!

    Não posso admitir que um funcionárizito desta empresa me chame, caloteira, pague o que deve, que pensa que anda a fazer, que se passa com a sua vida, pois não pagou, pague a divida e cale se, afinal qual e o seu problema, não sabe que deve, pague de imediato senão…., exigo que vá pagar de imediato, senão…., Aí não pagou? que se passa? vá imediatamente pagar! sua caloteira!

    Mas, afinal o que é isto? Está tudo bem? Estou a exagerar? Digam-me por favor, os senhores do direito!
    ass: sandra lucas

  23. sobral diz:

    so digo que tambem sou cliente da cofidis e acho que nao me vejo livres deles jamais paga se e numca se sabe como anda o nosso contrato nem quando acaba

  24. Francisco Gonçalves diz:

    Olá a todos os descontentes novamente. Eu assinei o contrato em 2004 e estamos em 2012 e nem um quinto foi amortizado por não puder pagar no dia 1 de cada mês. Nem querem renogociar o contrato nem querem dizer quando termina. Pelas minhas contas nem daqui a 12 anos vai findar. Ou seja, por 6 dias de atraso tenho de pagar a vida toda esta porcaria? Convido-os a manifestarem-se legalmemte.

  25. Francisco Gonçalves diz:

    Para grandes males , grandes remedios. A unica saida contra estes ” —- de luva branca” são os advogados. Combater fogo com fogo. O que eles fazem é uma vergonha, os da Cofidis. Eu assinei o contrato por 5 anos pagando dia 1 de cada mes. Mas infelizmente a conjetura economica mudou e não posso pagar nessa data, só dia 6 ou 7. Aviso geral, eles cobram de 5 dias de juros 100 euros. Não dão satisfações de nada, embora eu tenha mandado cartas registadas com aviso de recepção a pedir esclarecimentos de:
    -Inicio e fim de contrato
    -Documento detalhado de liquidez de cada centimo pago, decretos Lei, taxas, juros de mora,tudo legal para apresentar a um advogado.
    Na questão de eles ser rudes, eles não prestam. Eu estou confiante com tanta gente a dizer a mesma coisa, eles vão ter de mudar ou de ser investigados a serio. Convido toda a gente que tem emprestimos da Cofidis a rebelar-se, porque eles não prestam, são mal educados e porcos.Não têm cultura nenhuma, são mentirosos. Umas vezes dizem uma coisas e outras vezes dizem outra. Não têm base legal nenhuma.
    Não peçam, exigam.

  26. Cristina diz:

    Boas. Ao ler esta reclamação surge dois lados completamente distintos e por isso, eventualmente, quem reclama deixou de ter em atenção a lei.
    Se por um lado a entidade credora tem o direito de cobrar os valores vencidos e não pagos, ao devedor cabe o cumprimento do seu contrato para evitar juros diários e comissões (verificar contrato, condições gerais).
    Concordo que na execução da cobrança exista efectivamente o mínimo de respeito para com o credor, não só moralmente requerido, mas também legalmente.
    Por falar em lei e porque também já sugeri a leitura do contrato, a entidade tem autorização escrita e assinada para a gravação de qualquer chamada realizada para o cliente. Por vezes as pessoas confundem o que é informado na televisão. Isto é, se a entidade ligar ao cliente não necessita de pedir autorização porque já a tem e de uma forma irrevogável. Se o cliente ligar para a entidade ouvirá uma mensagem de voz a solicitar a sua autorização para gravação da mesma.
    Relativamente ao livro de reclamações: por experiência própria a reclamação só é efectivamente validada se tiver argumentos para tal. Reclamar que não cumpre a data do contrato porque não pode e que a entidade lhe liga a pedir valores vencidos ou cobra comissões não tem qualquer fundamento. Reclamar porque num contacto concreto (nunca esquecer os 90 dias) o interlocutor faltou ao respeito e colocou em causa a sua condição humana, terá fundamento com certeza.

    Ana, caso efectivamente o seu direito ao sigilo bancário tenha sido desrespeitado, pode e deve colocar uma acção legal contra o colaborador e contra a empresa. Tenha é celeridade no tratamento da situação, recordo os 90 dias obrigatórios por lei para manter a gravação das chamadas.

    Um bem haja
    Cristina

    • jorge diz:

      a cofidis tem por habito, firmar acordos telefonicos, que depois de cumpridos pelo cliente, vem dizer que foi erro do sugeito que nos ligou ou atendeu, que tem de ser assim.(prepotencia, não assume a responsabilidade assumida, por atrasos de 270, ficam em 440. não da para perceber, não dão detalhes das verbas.

  27. walter diz:

    o mais adequado e nao falhar o pagamento, pois o negocio deles e o seguinte os juros é o dinheiro k eles lucram ..por isso e que eles n dizem no contrato quanto vamos ter de pagar pelos juros so poe a percentagem! os novos emprestimos k eles vao tendo sao pagos por quem ja pediu um emprestimo.

  28. Julia diz:

    Realmente a Cofidis é famosa por isso mesmo, também comigo sempre que tento falar com eles respondem-me da mesma fora que a ti, o certo é que quando me atrasei liguei para eles com antecedência a comunicar e mesmo assim tiveram essas reações pouco educadas. O melhor de tudo foi eles com a morada lá no site deles exposta na parte dos contactos com os clientes e me ligarem a “ralharem” por enviar cartas para eles porque segundo as palavras da pessoa que me atendeu “não lemos cartas, são automaticamente colocadas de lado”. E quando eu perguntei então porque tem a morada no site deles na parte dos contactos, disse que era só para pedidos de crédito, o que não faz sequer sentido, porque se não leêm como sabem do que se trata? LOOL Enfim, cofidis nunca mais…isso e qualquer banco parecido. Nunca mais nos livramos dos pagamentos com tanta cobrança de juros que nos fazem, e um atraso de um dia é já quase a mais 50 euros por cima.

  29. maria diz:

    realmente são pessoas sem formação. no meu caso e com testemunhas estou decidida a ir até às últimas consequencias, até porque eu também gravei todas as conversas que tive com eles; ficaram furiosos quando souberam, mas eu disse-lhes que eles também gravavam e sem o meu consentimento, uma vez que nos informam que a conversa vai ser gravada, não pedem;
    são pessoas sem educação; sabem da nossa vida, mas e a deles?

  30. pedro santos diz:

    Todas as vezes que pedi o livro de reclamaçoes em qualquer lugar nunca fez mudar nada a nao ser as desculpas e a batata quente das maus pois è pena atè este saite de queixas nao porem todos os meus comentarios e cortarem algumas palavras de peso.

  31. pedro santos diz:

    comigo foi a mesma coisa,pois nao val a pena pedir dinheiro estes ladroes seja para o que for uma pessoa fica uma vida enteira a pagar a pocaria de 500 euros tive o azar de nao pagar um mês caiu juros de uma maneira,pois jà me livrei deles estes 500 euros ficou-me em 1000 e tal euros.
    Quanto ameças da parte deles và nòs pedir o livro de reclamaçoes sabem como fica?…Fica sò um pedido desculpas foi o que me aconteceu com a SOFILOC porque neste pais nao à justiça pois jà descobri como resolver o probelema darlhes uns murros e nao pagar mais pois jà conheso muita gente que deixou de pagar com um pedido insolvencia mas nao podemos ter nada em nosso nome esta liçao aprendi com o (des)governo português è o que està a dar.

    • Ana Gomes diz:

      Sim tb fui pelo livro de reclamações onde adicionei toda a história com todos os pormenores (4 páginas). No fim recebi uma carta a dizer que a situação era inconclusiva mas que por qualquer transtorno causado pediam desculpas….enfim é assim o nosso País. Espero ter a sorte de conseguir avançar com o processo….Até porque eles têm plena noção de que posso pedir indemnização por calúnias e difamação que me foram ditas telefonicamente pelo senhor… mas aquilo que gostaria mesmo de pedir era que não pagassem o salário a esse senhor para aí durante uns 6 meses e depois gostava de ver o que ele faria para pagar as despesas dele…Para venderem o produto é só facilidades em caso de alguma dificuldade temos de nos desenrascar…

  32. Ana Gomes diz:

    Olá Ana. Sofri do mesmo problema….a primeira vez que isto me aconteceu foi no inicio deste ano, infelizmente não pude pagar a dia 5 e paguei no final do mês. Durante esse mês fui bombardeada com chamadas e uma delas inclusivé para o meu local de trabalho em que falaram com a recepcionista (pois eu já não estava) foram incorrectos com a minha colega(que em nada tem a ver com este assunto), com a agravante de exporem a minha vida a essa colega. Quando falaram comigo, nem consigo repetir o que me disseram, fui completamente enxovalhada maltratada e nem sei explicar como me senti, só sei que desatei num choro compulsivo tal era o meu estado nervoso. Honestamente já não me admiro porque há pessoas que se suicidam, pessoas que tenham um espirito mais fraco, a levarem com estas bestas, simplesmente desesperam O Sr. que falou comigo teve azar pois fiquei com o nome dele e estou ainda judicialmente a tentar alguma coisa. Como sócia da Deco disseram logo que nem valia a pena recorrer aos Julgados de Paz pois eles nunca apareciam e nós é que ainda tinhamos de pagar os custos de processo, no entanto se conseguisse arranjar um bom advogado tendo a meu favor a testemunha (minha colega) e o facto das chamadas deles ficarem gravadas (sim todas as chamadas ficam gravadas, no entanto só podem ser ouvidas por declaração do tribunal)talvez conseguisse colocar-lhes um processo em cima. O desespero deles é simples….se as pessoas se atrasam a pagar eles deixam de poder cumprir prazos para novos empréstimos, a famosa publicidade das 48 horas dinheiro na conta. Espero honestamente conseguir seguir em frente contra estes individuos….

Deixa um comentário