GNR de Sabrosa precisa de repreensão

Agora é o comportamento da GNR de Sabrosa, na activa intervenção do quotidiano, motiva críticas de vários cidadãos, inclusive professores que exercem as suas funções neste concelho.

Acusam um GNR DE SABROSA: OSVALDO TEIXEIRA, natural da aldeia de Vale Mendiz, com residência na aldeia de Souto Maior/Sabrosa Vila Real e em exercício de funções no posto da GNR de Sabrosa, de comportamentos, despropositados, provocatórios e intimidantes, SOBRETUDO AOS PROFESSORES…
Diariamente, os docentes colocados no concelho de Sabrosa, confrontam-se com multas, depois do soldado acima citado os abordar, com atitudes verbais intimidatórias, ora durante os percursos que os docentes realizam, ora quando estes estão estacionados ou a estacionar.
Tanto os professores como habitantes, manifestam o desagrado da atuação do soldado supracitado, tendo este já sido agredido fisicamente, por um cidadão de alcunha ”Espiga” por haver tido uma atitude pouco assertiva, para com um habitante do concelho.
O comando da GNR de Sabrosa, parece que acompanha a “exaltação” do agente, com passividade e alguma inércia
Durante o presente mês de Dezembro, só multas aos professores do Centro Escolar de Sabrosa, são e foram muitas! Isto porque o citado soldado da GNR tem o seu filho a frequentar este estabelecimento escolar e parece não lidar muito bem com normas e atitudes pedagógicas, que podem ser consultadas no Despacho n.º 10393/2010, publicado no Diário da República, 2.ª série — N.º 119 — 22 de Junho de 2010.Entre os diferentes articulados, o Artigo 2.º -Princípios gerais de conduta, podia ajudar!.
Continuando:
Os docentes são abordados quando o agente se encontra à civil, ou este lhe faz “perseguição”, ”espera” para conseguir os documentos do veículo em “operações auto-stop. Questiona-os, sobre diferentes coisas e se no dia X ou Y, não estavam no sítio W, ou Z. Outras vezes apenas se lembra de reproduzir locais de pretéritas multas…. depois envia contraordenação e coima para casa dos professores , com a devida assinatura do Sargento do Comando, ou cabo em substituição do sargento comandante, com a respetiva coima de penalização.
O alegado agente, utiliza a viatura de serviço, para ir buscar o seu educando, desde 2009. Entra em recinto escolar devidamente fardado e não tem uma postura assertiva e pedagógica para com os cidadãos.
Tais casos merecem ser devidamente auditoriados,pelas entidades superiormente hierárquicas, no intuito de não denegrir a imagem de uma classe que deve prestar um serviço pedagógico-cívico á sociedade e não ser promotor de contestação, revolta, intimidação, indignação, perseguções, fomentadores de violência, desentendimentos, mau relacionamento e ameaças de caris psicossocial.
Cabe à GNR manter a serenidade a ordem e fomentar o civismo e o cumprimento legal das leis, sem perseguições e intimidações, coações, surgidas do nada.
Se eles não mantêm essa postura, como devem exigir que os cidadãos a mantenham?
O que as autoridades têm que fazer é evitar incidentes e não provocá-los.
A própria postura física do soldado da GNR, OSVALDO TEIXEIRA, que costuma, entrar fardado no recinto escolar, já compromete o “imaginário infantil das crianças” e a sua especificidade na forma de abordagem que faz ao cidadão comum, diz muita coisa por si só.
O comandante carece de ser questionado, por entidades superiormente hierárquicas, pelo contínuo e frequente desempenho do guarda supra, aquando da emissão e data da assinatura e testemunhas dos incidentes/contraindicações, que envolvem as multas avulsas, sem respetivas testemunhas.
Tudo o que posso dizer é que vamos aguardar que a situação seja resolvida nas instâncias superiores e judiciais próprias, se a situação continuar.
Nuno Carvalho – Advogado estagiário

13 pensamentos em “GNR de Sabrosa precisa de repreensão”

  1. O Sr. Guarda bem trabalha, só lhe falta a coragem para multar quem quer, mas não pode como é “chefe” da mulher. O problema é que o tal “chefe” aproveita e o sr. guarda vinga-se na população, porque no fundo ele não é mau, é até bem manso!

  2. O Sr. Guarda bem trabalha, só lhe falta a coragem para multar quem quer, mas não pode como é “chefe” a mulher. O problema é que o tal “chefe” aproveita e o sr. guarda vinga-se na população, porque no fundo ele não é mau, é até bem manso!

  3. Depois de ler e reler isto encontra-se aqui muito “prós-agente” e “contra-agente”.

    Esclarecer alguns comentários que só falam nos “docentes” fica aqui alguns exemplos retirados do texto original…

    – “Entra em recinto escolar devidamente fardado e não tem uma postura assertiva e pedagógica para com os cidadãos.”
    – “Questiona-os, sobre diferentes coisas e se no dia X ou Y, não estavam no sítio W, ou Z.”
    -“Tais casos merecem ser devidamente auditoriados,pelas entidades superiormente hierárquicas, no intuito de não denegrir a imagem de uma classe que deve prestar um serviço pedagógico-cívico á sociedade e não ser promotor de contestação, revolta, intimidação, indignação, perseguções, fomentadores de violência, desentendimentos, mau relacionamento e ameaças de caris psicossocial.”

    Isto a ser verdade é pura falta de ética.
    Sr. David será mesmo assim: “Publico-me sem medo de reprezalias” falta saber, levem isto para os devidos locais e não para a internet

  4. Estes professores estao habituados à corrupçäo? Serà? Tenham vergonha deem a cara publicar isto na internet é de pessoas sem escrupulos, deveriam de pagar por isso. Pensem que o Sr. agente em causa tem familia imagino que não deve ser bom para a familia ver estes tipos de comentarios. Tenham VERGONHA e CUMPRAM a LEI…
    Por nos fartarmos de ver corrupção na tv não quer dizer que toda a gente corrupta deixem o agente fazer o trabalho dele. Só mais umaquestao não se vinguem nas crianças. Não criem mau ambiente na escola nem represalias habituem-se a deixar o incumprimento da Lei assim de serteza que nao serao autoados.

    Publico-me sem medo de reprezalias

  5. pelo que li aqui só chego a uma conclusão, uns são contra o Sr. Agente (pelo que se ouve não tem boa fama tanto a nível pessoal como profissional) outros contra o Srs Professores (lá chumbaram os filhos) enfim se alguém se sente lesado o que não falta a estâncias próprias onde pode fazer o que realmente desejar……..

  6. Boa tarde!
    Caros leitores, é só para informar que sou um cidadão de Sabrosa, que conhece o agente em questão.
    Pelo conhecimento que tenho dos factos, o que na realidade se passa é que o Sr. Agente cumpre a sua missão, pois há cidadãos que não estão habituados a cumprir as regras, que pensam que por serenm professores possuem um estatuto superior aos restantes.
    Pelo que li na noticia, dizem que o Sr. Agente os multa! Será que as multas são inventadas…. ou será que as infracções existem… se existem, só têm de cumprir ou estão a ser devidamente penalizados pelos seus actos….
    Outra questão. Se os Sr.s professores, quase todos de Vila Real, chegassem a horas ao trabalho, possivelmente já não seria necessário efectuar uma condução mais apressada ( por virem atrasados) e por sua vez já não necessitavam de pisar as linhas continuas, ou então, se viessem a horas, já daria tempo para estacionar correctamente o veículo… ( PS: falo de conhecimento próprio da situação.

    Portanto, seja, cidadão cumpridores, habituem-se a cumprir a lei… e não falem mal dos poucos que cumprem a sua missão….

    Nota: Espero que nenhum professor fique ofendido com este comentário, e que já agora……não meta BAIXA PSICOLÒGICA, por favor!!!!!

  7. Todos nós nem sempre gostamos da atuação GNR, mas hoje em dia tambem os senhores professores pensam que estão isentos de tudo…
    Se eles já assim o pensam imaginemos o que farão no futuro, quando o nosso primeiro ministro diz que eles devem ter mais autoridade, nessa altura também iremos questionar alguns dos seus comportamentos. Quanto ao agente em questão era muito mais honesto terem tido coragem de apresentar queixa do que tornar um assunto difamatório, verdadeiro ou não pois não o saberemos, e o que acho realmente de lamentar é terem publicado que o mesmo tinha um filho a frenquentar a dita escola, também eu tenho filhos e não gostava de ver envolvidos os meus filhos nos meus problemas, vamos começar a pensar mais nas crianças e pensar se neste momento esta criança já não terá sofrido represálias pelos ditos professores em questão…

  8. Li esta notícia e comentários.Se o dito senhor GNR é isto,compete enviarem para a assembleia da republica E Comando Geral DA GNR+ Gabinete do Ministro , as vossas queixas.Será pago com a devida justiça, o desenpenho dele,porque há lei que rege estas pessoas.Se fizerem uma investigaçao in loco, o senhor decerto terá de ie apanhar laranjas,na terra de origem….Deixem-se de coisas´fundamentem os vossos desabafos.assim ele não apanha nas orelhas,como onde precisa.

  9. Este ATENTE ou é o C@VALO do agente visado ou é familiar do dito “cagalhão” fardado que multa as pessoas como que por encomenda. Isto é: se tem raiva a uma pessoa, não descansa enquanto não a multa.
    Eu sou testemunha de alguns factos relatados sobre esse indivíduo sem escrúpulos…

    1. Miguel lopes,deixo também o mei testemunho.este frustado agente da “autoridade”comia contraordenações.Todas ptsam a linha continua,no mesmo sitio etc etc…Eu já foi atacado por este especime humano,e tirou-me do meu carro,conduziu.o enquanto os colegas faziam caravana atrás do meu carro com o jipe,do estado…~isto já pela noite dentro…ele não para em casa,decerto para não ser preso por violencia doméstica….quem ataca a familia,deve consultar serviços de psiquiatria….

    2. Bem aqui o suposto Nuno Carvalho-Estagiário decerto que relatou aqui os factos que lhe foram relatados….(fez fé nas palavras de outro… ) deixo o repto se alguma vez foi questionar o suposto agente sobre os factos e se o fez porque motivo nao os relatou aqui.
      ou
      entao desabafou aqui o que decerto nao gostou… ser autuado por incumprir com as normas estabelecidas ou seja prevaricou…
      Acredito que agora todos aqui queiram deixar decerto comentarios menos adequados e ofensivos… pois decerto pessoalmente nao o farao.(chama-se a isso cobardia)
      ja agora pergunto???? os senhores professores sofrem de algum estatuto de imunidade que lhes permita infringir e nao serem penalizados????
      pois aqui o que este relato me leva a deduzir é que algo os leva a pensar que sim.
      talvez também o imaginario das crianças ja venha a ser atingido à muito tempo meu caro suposto nuno…. pois tambem os senhores professores deveriam ter outras atitudes de repreensão que nao os gritos e berros que levam as crianças a irem para casa com medos…ja alguma vez pensou nisso??? sera que nunca viu que as crianças sempre que vêm um individuo que faz uso de uma farda seja ela de que tipo for se alegram…
      ja agora senhor advogado estagiário o seu titulo esta muito bem conseguido “GNR de Sabrosa precisa de repreensão”…
      Porque não antes “Professores (alguns) estão a ser autuados por agente da GNR por prevaricarem nas regras ao Código da Estrada.
      deixo-lhe aqui o repto porque motivo não apresenta queixa contra as supostas irregularidades que aqui diz existirem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *