HP – Assistência Fraudulenta

Em Agosto de 2011 o monitor do meu portátil HP deixou de funcionar. O computador arranca normalmente mas o monitor não liga.

Depois de ter efectuado alguns procedimentos de despistagem referidos pela HP na página oficial portuguesa, o problema continuava pelo que liguei para a linha de assistência da HP Portugal para poder falar com um técnico ao telefone pagando de imediato 19.90 eur . situação que achei um abuso mas que não tinha outra alternativa uma vez que actualmente a Hp Portugal não atende clientes nas suas instalações para reparações.

Todas as reparações são efectuadas através deste serviço telefónico o qual após o orçamento é recolhido o computador na casa do Cliente para reparação.

Não existe em Portugal qualquer outra forma de assistência por parte da HP para qualquer equipamento conforme me indicaram ao telefone.

Após uma breve conversa com o técnico da HP que não durou mais que 1 minuto e no qual paguei 19.90 eur, foi me informado que o custo da reparação seria de 354 eur incluindo a deslocação da empresa transportadora para recolha do equipamento.

Expliquei ao técnico que eu não poderia aceitar um orçamento com base num diagnóstico feito ao telefone e que o computador deveria ser visto pela HP.

O Problema do computador poderia ter diferentes causas pelo que o orçamento que me estavam a apresentar era o mais caro e radical pois tratava-se da substituição da motherboard e placa de vídeo que nos portáteis é uma única placa e por sinal o arranjo mais caro que pode haver neste tipo de equipamento.

O técnico reforçou que não havia outra hipótese e que se eu queria o computador arranjado teria que ser desta maneira ou seja aceitar o orçamento, efectuar o pagamento de imediato e só depois o computador seria recolhido para arranjo.

Não aceitei este orçamento e passado uma hora o equipamento sem qualquer razão aparente ficou novamente a funcionar em pleno para passado uns dias voltar a fazer o mesmo. Isto só demonstra que o tal orçamento afinal estava errado pois a avaria em causa têm a ver com anormal aquecimento que os computadores da HP atingem e inclusive descobri em alguns fóruns que a HP nos Estados Unidos através de uma decisão judicial foi obrigada a recolher milhares de computadores para reparação gratuita com este mesmo problema mas em Portugal nada foi feito. Na maioria dos casos têm acontecido dentro do período de 2 anos da garantia, no meu caso o computador já tinha 3 anos.

Pergunto como é possível que um cliente pague um orçamento antes mesmo do equipamento ser reparado com base numa conversa ao telefone sem que os serviços técnicos da HP efectuassem uma vistoria ao equipamento ? Será isto legal dentro dos direitos do consumidor ao abrigo da actual lei portuguesa?

É claramente um abuso por parte da HP para com os seus clientes e que acredito que muitos desses mesmos clientes desconheçam esta situação até ao dia em que precisam da assistência da HP e tiverem o azar de o equipamento já não se encontrar na garantia como foi o meu caso.

Não está em causa o valor da avaria mas a forma como tratam o cliente sem verificar se a causa da avaria não é outra.

Tenho mais equipamentos da HP mas depois de conhecer a politica destes senhores irei certamente mudar de marca.

By: Mário Inácio

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


4 Comentários para “HP – Assistência Fraudulenta”

  1. Manuel diz:

    Caro Senhor infelizmente já passei pelo mesmo e neste preciso momento estou sem computador á mais de um mês e meio sem previsão de entrega.
    Trata-se de um hp dv5 que em 4 anos já levou 4 mother boards QUATRO…..Já gastei mais de 500€ em reparações e continuo com uma máquina avariada e sem fim á vista.Comprei um portátil novo Samsung que atė a data sempre a funcionar sem qd problema.Reclamei por escrito via mail e fax para a hp a expor esta situação e nunca obtive resposta.Nunca mais comprarei qd produto desta marca .Entretanto enviei uma carta registada para os escritórios hp Portugal e o aviso de recepção recebi resposta nada.
    É lamentável como uma marca de topo no nosso pais tem uma actuação para com os consumidores finais de forma tão pouco profissional e por vezes até pouco séria.
    Cumprimentos

  2. Orlando Vinagre diz:

    Só me admira é a deco (defesa do consumidor) ficar de braços cruzados, neste como em tantos outros casos !!!

    • rodrigo diz:

      Sr. Orlando, não leve a mal mas tenho que lhe lembrar que quêm têm de fazer alguma coisa é o Instituto do Consumidor que é do estado e é pago por sí e por mim. A DECO é privada. Quanto à HP NUNCA MAIS me deixo enganar.

  3. Fernando Guerra diz:

    Caro Mário Inácio, o seu problema com a HP é o problema de centenas de pessoas em Portugal e milhões em todo o mundo. Esta é a politica da HP desde 2007. Ou seja o cliente compra um qualquer equipamento HP e se têm um problema após os 2 anos de garantia não têm qualquer hipotese de ser efectuado um orçamento fisico ao equipamento. Eu próprio já mandei um monitor fora que possivelmente até teria arranjo por causa da politica desta gente. Queriam que eu pagasse com o cartão visa ao telefone de imediato 150 eur ??? Acho que deveriamos passar a palavra pela internet para avisar eventuais compradores futuros de produtos da HP o que podem esperaram desta HP.

Deixa um comentário