Leque de Impulsos

Sabemos já que as empresas que contratam aproveitam a crise para explorar os seus colaboradores mas ainda mais grave é existirem esquemas que iludem aqueles que desesperadamente procuram um emprego.

Dia 22 de Fevereiro, em mais uma procura de emprego, enviei o meu CV como resposta a um anúncio de uma “multinacional na área de publicidade e marketing, a abrir novos escritórios na Margem Sul. Recruta para as áreas de Administração, Comunicação, Publicidade….”

Logo no dia seguinte, ligou-me a Rute, recepcionista, a marcar uma entrevista para dia 24 às 11h.

A dita entrevista foi conduzida por um homem de sotaque brasileiro, Gilmar, que muito convenientemente não mencionou o seu apelido, assim como a recepcionista.

Durante uns breves 2 minutos, apenas me fez questões para confirmar os dados de uma ficha de informações pessoais que eu tinha preenchido antes de entrar, e falou-me muito vagamente da empresa.

Da história de várias décadas, dos 140 escritórios na Península Ibérica, dos quais cerca de 45 em Portugal e dos clientes que tinham angariado, que motivavam a abertura de novos escritórios, e a contratação de mais pessoal.

Entre os clientes, citou empresas como a Sonae, a Galp, a Medis entre outras bem conhecidas. Explicou que, como empresa de marketing e publicidade, lhe cabia fazer a divulgação de novos produtos lançados pelas empresas suas clientes. Mas isto tudo dito tão breve quanto possível, sem lugar a questões.

Nesse mesmo dia, antes das 15h recebi um telefonema da Rute “Parabéns Patrícia! O Director adorou-a, foi uma das favoritas. Venha a uma entrevista de observação na segunda feira, 27 de Fevereiro. Estará connosco desde as 10H15 até às 19h. Como norma da empresa, não poderá usar jeans, deverá vestir-se de forma profissional e trazer calçado confortável pois passará várias horas de pé”

Achei estranho que o processo de recrutamento acontecesse tão rapidamente, mas ainda assim, fiquei entusiasmada com a possibilidade de um novo emprego. Ao longo do fim-de-semana comentei com amigos e foi numa destas conversas que fui alertada para a hipótese de se tratar de uma fraude.

Hoje, 27 de Fevereiro, dirigi-me à empresa, mas com a pulga atrás da orelha, decidi confrontar de imediato a recepcionista com as minhas dúvidas e questionei algo deste género “uma vez que me foi dito que passarei o dia todo convosco, gostaria de saber exactamente ao que venho pois já tenho ouvido coisas sobre este tipo de entrevista”

Reparei que a recepcionista ficou incomodada com a pergunta e sem saber o que responder, então completei: “quero saber se isto é o que pregam ou se se trata apenas de vendas porta a porta e de estratégias para enganar as pessoas..” ao que ela respondeu efectivamente não puder negar que a empresa recruta para vendas porta a porta…

Não esperei que completasse a resposta, pedi de imediato a minha ficha e saí porta fora.

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


8 Comentários para “Leque de Impulsos”

  1. anabela diz:

    Bom dia , mais uma vez alerto pois o dia de formação é na rua o dia todo a bater porta a porta , não eiste ordenado basse só comissões do que vendem e passam recibos verdes, esta empresa não engana simplesmente, não diz a verdade e ilude as pessoas com cargos que não exiztem.
    só depois de passar por varias faces.

  2. Marina diz:

    olha rute… no anuncio dizia varios postos gerente , supervisor, etc …obviamente que uma pessoa nao começa LOGO como supervisor sem qualquer formaçao da empresa nao e? era ridiculo darem logo o cargo de supervisor se ainda nao conheces primeiro o produto …devias ter ficado ate ao fim. Eu li o teu artigo e fui a mesma ate ao fim. Se deus quiser vou ser chamada..nesta epoca de crise nao nos pudemos dar ao LUXO de dizer NAO ao trabalho. Quem quer trabalho …trabalha mesmo se tiver de começar do zero numa empresa. Quem nao quer trabalho quer emprego!! acho que e o teu caso.

  3. Tatiana Pardal diz:

    Hoje contataram-me, a mesma pessoa a dita Rute, a marcar uma entrevista comigo para as 17h30, tirando que a minha aréa é Eng.

    Agora após ver os vossos comentarios estou com receio não sei se vá porque venda porta à porta esta mesmo fora de questão.

  4. JC diz:

    Estou a fazer uma investigação sobre fraudes relacionadas com o sectos da saúde. Se me puder dar o seu mail para falar consigo sobre o assunto acima citado agradecia.

    cumprimentos JC

  5. Bruno Martins diz:

    OMG…tal e qual… foi isso que me aconteceu hoje!! desloquei-me lá a conversa foi a mesma , e antes da hora ligaram a dizer o mesmo que tinha sido seleccionada blá blá blá como no comentário anterior!!
    por favor… agora fiquei com medo!!

    • Eguerreiro diz:

      Boa tarde
      Recebi tb hoje um telefonema para esta mesma situacao.Como tal nao irei a entrevista.Fui contactada pela Rute da mesma empresa.

    • Ana Martins diz:

      Gostava de saber se algum de vocês foi ao tal “dia de formação” após a entrevista. Eu fui hoje a entrevista e a historia foi a mesma, supostamente deverei comparecer esta sexta-feira também das 10h15 às 19h, alguém me sabe dizer o que acontece de facto neste dia?? Obrigada.

Deixa um comentário