MetLife Portugal

Eu Selma e minha família não indicamos a MetLife nem para o nosso pior inimigo.

Estamos com um processo desde 2010, é um transtorno um sofrimento ter que pedir pelo amor de DEUS paguem o que é nosso de direito!

Na hora de fazer o seguro todos são muito gentis, mas depois que a gente fica doente e precisa do seguro, tem que PAGAR um advogado para tentar receber!

Meu esposo aposentou por INVALIDEZ. mas a MetLife diz que ele não tem direito no seguro, a seguradora só tem que pagar não questionar, se o INSS aposentou meu marido por INVALIDEZ, a seguradora tem que questionar o INSS, não minha família que já passa por um momento difícil!!

SÓ QUERO RECEBER O SEGURO!

Por: Selma

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


2 Comentários para “MetLife Portugal”

  1. Maria Branca diz:

    Ola Selma Boa noite.
    Concordo plenamente consigo a MetLife é uma porcaria já la trabalhei e digo muito sinceramente….. É dos piores sitios que se possa trabalhar. A minha super visora fez com que eu fizesse os seguros aos meus pais e no fim agora nao resolve as coisas. Não atende o telemovel esta sempre doente ou hospitalizada. Mas enquanto eu trabalhei lá fiquei doente um dia e ligou me o dia todo. Foi uma ordinaria nao aconselho a ninguem fazer seguros nesta companhia e muito menos na agência de Tomar. São todos uns aldrabões e mentirosos falsos. Pessoas de baixo baixo nivel

  2. joao t. diz:

    ola selma,
    eu ja trabalhei na metlife e sou cliente e ja precisei do seguro metlife e tudo correu muito bem a metlife é das melhores companhias a operar em portugal na protecção de pessoas, pelo que a selma explica o seu marido ficou invalido, a invalidez dada pela segurança social é diferente das seguradoras as seguradoras seguem uma tabela logo ha sempre diferenças e tambem tem que analisar o produto que subscreveu e se tem cobertura de invalidez com itp ou iad.
    se a cobertura de invalidez for com iad so ha indminizaçao se seu marido estiver totalmente dependendo de terceiros.

    joao t.

Deixa um comentário