Queixas | Noite RSS Feed Desta Categoria

Danceteria Mirage Beach

Tendo nos deslocado à Danceteria Mirage Beach, fomos interpelados pelo segurança com maus modos, dizendo que não cumpríamos os requisitos por dois elementos virem de ténis, não colocamos qualquer objecção e voltamos de novo já com sapatos normais.

Alias foi óbvio eu verificar que o motivo não se prendia com os ditos sapatos, dai a implicação desta vez ser a mesma que duas das pessoas vinham de ténis, apesar de informar que era bem visível que eram sapatos, e perante a arrogância do segurança, pedi para falar com o gerente que educadamente me informou que não podia ultrapassar as ordens do segurança.

Que se sentiu incomodado e me faltando ao respeito me ameaçou de violência, acabando por ser empurrado por outro.

Pelo que vi não suportaram a minha calma e a minha educação. Será que nestes estabelecimentos estas pessoas não têm que ser educadas e responder com bons modos quando são interpelados pelo cliente com bons modos?

O mais interessante é que deixaram entrar clientes de ténis será que a politica não é igual para todos os clientes?

Já que no final me pediram mil e quinhentos euros, se quisesse entrar de ténis.

Aqui fica o meu testemunho de modo a que a divulgação dos factos possa de algum modo avisar os incautos e se os gerentes destes estabelecimentos contratem pessoas com civismo e não gorilas, que o simples facto de questionar leva os agir de forma violenta.

O mais interessante é que só ia ter com pessoas amigas visto até nem gostar do ambiente ali gerado, apesar da música e do espaço serem excelentes.

By: Guilherme Madeira

Taxista Bairro Alto

Quero fazer uma queixa, pois ouço muito se falar em crise mas parece que para os taxistas não há crise, pois recusam passageiros e porque esta a sobrar.

No dia 18 de dezembro 2010 a 1.20 da manha no bairro alto o taxista do táxi matricula 96 72 TD -n 808 recusou a levar me do Bairro alto ate Arroios a dizer me que era perto e podia ir a pé. Parece que para os táxis não há crise!!!