País de pilantras

Estava a pesquisar na net e deparei-me com esse site. Vendo tantas queixas e em muitas me incluo, será que não nenhum órgão competente que veja e tome as devidas atitudes contra essas atrocidades?

Quando digo que me incluo, me refiro que fui burlada pela Extra-Consumo, pela Ediclube. A TMN é uma pouca vergonha porque inventa consumos em net móvel, o e-escolas é a maior vigarice que pode existir.

A EDP é outra com consumos loucos numa casa habitada por 3 pessoas que passam a maior parte do tempo ou no trabalho ou na escola. A minha casa tem consumo de um café!

Eu também estou espantada até hoje que ainda não recebi uma explicação plausível para esse consumo.

Quanto a bancos, o Millennium tem muito que se diga, sendo divorciada e tendo o meu ex-marido, por acordo, enquanto a partilha de bens não é resolvida, ficar na residência e pagar as despesas da mesma o que o sr se lembrou de fazer?

Abrir uma conta nova e assim passar o empréstimo do imóvel para essa conta, SEM MINHA AUTORIZAÇÃO. Eu fui ver se o empréstimo estava em dia, quando para minha surpresa na estava na conta conjunta. Questionei o banco o porquê. Me disseram que houve um pedido de uns dos titulares para passar para outra conta. Bem, eu perguntei com ordem de quem se o emprestimo tem dois titulares, sendo que eu não dei autorização nenhuma. O empréstimo voltou à conta original depois de muita discussão e ameaça.

Mas com relação a isso tudo e a outras pessoas, como poderemos ser ressarcidos de todos esses prejuízos já que mesmo que valores sejam repostos, nunca são pagos indemnizações em sujarem os nossos nomes? Como empresas dessas que se dizem honestas, sempre saem impunes das vigarices que praticam? Porque a DECO e outras entidades competentes não fazem nada?

PORTUGAL ACORDA!!!!!!

By: maria cecilia nogueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *