Policia Municipal de Gaia

É lamentável que agentes que tanto gostam de “multar” os outros automobilistas, demonstrem tanta falta de respeito pelas regras que gostam de obrigar aos outros.
O Vosso jipe 40-DM-47 ( tenho algumas dúvidas do último número), dia 9 pelas 13:30, fez uma belissima demonstração de como engarrafar a Avenida da República, numa atitude de verdadeiro policial, passando com o amarelo, e ficando em cima da “zebra” amarela cerca de 3 minutos. Parabéns.
Mando fotos para todos poderem apreciar.
Policia Municipal de Gaia

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


10 Comentários para “Policia Municipal de Gaia”

  1. Ricardo diz:

    É lamentável ser multado na avenida diogo leite ( beira rio) por ter o carro em segunda fila, 2 minutos, com muito pouco transito a estrada e aparecer a policia municipal, cheio de autoridade dizendo que estava a estorvar e durante todo o tempo em que me esteve a autuar ( 20 minutos) esteve em segunda fila… não é de admirar que tenham de andar na caça à multa, tem de se pagar 4 policias em cada carro!

  2. Antonio Ferreira diz:

    Gostava de questionar, qual a razão de os agentes desta “policia” estarem sempre muito ocupados a autuar os municipes, qua pagam os seus impostos para os manter e não pararem para pensar nas suas ações? Refiro-me concretamente à Rua de São Tomé e Príncipe, onde multam os automóveis estacionados fora das zonas assinaladas, mesmo não tendo qualquer artigo que o justifique. Na mesma rua, a Cãmara assinalou locais de estacionamento que impedem a normal circulação de veiculos, uma vez que se ocupados, os veiculos em circulação passam do eixo da via, impedindo o seu cruzamento com outros em sentido contrário. Se alguém estacionar nas mesmas condições sem qualquer sinalética em contrário, mas fora dos locais é multado. Pergunto se há uma lei para a autarquia e uma lei diferente para os cidadãos? E ainda porque é que estes srs. ditos Agentes, não ocupam o seu tempo a resolver problemas reais de regulação de transito? Será pelas comissões? Seria bom analisarem esta e outras situações porque quando os minicipes não tiverem meios para sustentar esta e outras panelas, estarão todos desempregado por terem tanto Zelo!!!
    Deixo o meu desagrado pelos maus serviços que prestam.
    AF

  3. Asdrubal diz:

    Realmente é mesmo lamentável terem-te autuado o Francisco, pois pelos vistos o carro dele só estava estacionado em cima da passadeira.É por causa de pessoas como esse senhor que acontecem acidentes e a policia tem de autuar.Pessoas sem civismo que se viram contra os agentes quando infringem,mas quando precisam dos Agentes são uma simpatia.Acorda para a vida amigo.Paga a autuação e aprende.A passadeira não é tua,é de todos os peões que nela atravessam em segurança.E ainda por cima a pedir que os vizinhos também fossem autuados,atitude mesquinha.

  4. anonimo diz:

    vou por a foto da gaja já a seguir …..

  5. Santos diz:

    É lamentável que as pessoas como o Sr. Francisco Oliveira venham para aqui ocupar este site, o tempo e a paciência de quem cá gosta de passar com reclamções da treta,devia era de ter vergonha. Demonstra uma monstruosa anormalidade e falta do que fazer….pois além de ser uma infração grave, demonstra uma enorme falta de respeito e de civismo por quem circula apeado. Estou em sintonia total com o Caldas. Um bem haja á Policia Municipal de Gaia, pelo excelente serviço que tem prestado á polulação gaiense.

  6. Francisco oliveira diz:

    Tambem acho lamentavel pois ontem fui multado por uma agente de autoridade chamada Claudia Morais que me disse que tinha havido queixa por estar em cima de uma passadeira, e eu perguntei a agente de autoridade veio so para me multar a mim sim é a unica viatura que esta em situaçao grave se passa-se aqui outra vez era o unico que multava, eu voltei a perguntar e os outros que estao mal estacionados? Agente de auturidade nem uma nem duas multou e foi embora sem multar os outros. Pois nesta rua que e a Rua Coats e Clark ESta tudo mal estacionado e que acho eu ela tem que fazer cumprir a lei nai e so para uns. Onde esta a formaçao e ética desta agente?

    • caldas diz:

      Desculpa lá dizer te isto mas és mesmo anormal, entao estas estacionado numa passadeira e ainda reclamas. Devias era ser atropelado ou alguem da tua familia por nao conseguirem passar na passadeira. e ja agora ires com o c….. porque deficientes como tu nao fazem cá falta. Desde ja agradeço á policia municipal por multar os carros nas passadeiras e muitas vezes nao multarem nas linhas amarelas.

    • J Pereira diz:

      Só pode estar a gozar! Ainda se queixa? Eu conheço a rua em questao e se realmente a agente autuasse as restantes viaturas, entao a sua só tinha/devia ser rebocada.Já por isso há as infraçoes leves, graves e mt graves e ao que sei a sua é grave.Na mha modesta opiniao, a agente demonstrou sensatez e com uma boa capacidade para avaliar as situaçoes. Nao a vejo como caça à multa, como se verifica em alguns casos.É obvio, que o portuguesito nao gosta que lhe toquem no bolso, mas neste caso, parece me mais uma situaçao de grande complexo da sua parte por ter levado uma “bofetada” de um agente do sexo feminino, como o Sr. mencionou a agente “nem uma nem duas” às suas provocaçoes, o que demonstrou um grande profissionalismo.

  7. joao diz:

    Também lamento que centenas de condutores tenham de ser prejudicados porque alguns pais que tem os seus filhos a estudar em tão conceitudo estabelecimento de ensino não saibam demostrar qualquer cidadania.
    centenas de pessoas em autocarros a aguardar que alguns pais vão chamar os filhos aos muros, outros há que buzinam, como quem chama por animais….
    Ética? Formação?
    O priviégio que os pais do colégio tiveram que até se anulou os lugares de estacionamento que lá haviam?? lembra-se?? (aqui é a ética)
    Formação é que qualquer ato não atinja os diereitos dos outros… (lembra-lhe alguma coisa?

  8. Osvaldo Coimbra diz:

    Também lamento a forma de trabalhar frente ao colégio da Bonança (por trás Hostpital de Gaia). É lamentável a posição que os supostos agentes tomam nas horas de entrada e saída das crianças. Ficam de óculos escuros no passeio oposto e de pasta na mão aguardar uma saída do condutor, nem que seja para chamar os filhos pelo muro, para rapidamente actuar, sabendo que naquele sítio não há outro lugar para parar, nem mesmo para as crianças entrarem ou saírem.
    Um agente deve estar para orientar, ajudar e não para facturar. Onde para a ética e formação daquela gente?

Deixa um comentário