Queixa Empresa Extra Consumo

Venho por este meio apresentar uma queixa contra a empresa extra consumo!

Pedi um credito a esta dita empresa, sendo que o deram como aprovado e portanto me pediram a quantia de 108.50€ que paguei via multibanco mas ao fim de uns dias recebi um sms, uma vez que nem ao trabalho se deram de ligar com a resposta de que o credito afinal tinha sido recusado.

Sinto me burlado! Será que a DECO pode fazer alguma coisa para parar com esses burlões? Andei a pesquisar e reparei que afinal não fui só eu que fui enganado.

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


16 Comentários para “Queixa Empresa Extra Consumo”

  1. joaquim otário diz:

    Mais um que foi enganado. Como tantos outros fui depositar 118,50. e nunca mais tive resposta. Aessa sr, que vem fazer ameaças , tenha cuidado. Deus nao dorme. Um dia nao acorda.

  2. carina diz:

    Se concordarem todos utos, podemos fazer algo, eu conheço a Cristina Ferreira da TVI e podemos conseguir um directo com todas estas queixas…..

  3. RICARDO CRUZ diz:

    BOAS, GOSTARIA DE DISER QUE EU DEIXEI DE COMPRAR COMIDA PARA CASA ,PARA TER ESSE SUPOSTO CREDITO ,,,(QUE SUPOSTAMENTE ESRAVA APROVADO) COMPLICARAM AINDA MAIS A MINHA VIDA , PARA QUEM GANHA 575 EUROS E PAGA CASA , AINDA TER ESSA DESPESA DE 108.50 A MAIS… DEVIAM TER VERGONHA NO QUE ESTAM A FASER… MAS EU DEIXO BEM CLARO AQUI QUE VOU, CUSTE O QUE CUSTAR ,SABER A MORADA DESSA SUPOSTA EMPRESA E VOU TER O MEU DINHEIRO DE VOLTA… PELA SAUDE DO MEU FILHO… +++ COMEÇO AQUI A PERGUNTAR SE ALGUEM SABE DE ALGUMA MORADA DESSES BANDIDOS. ???
    OBRIGADO

  4. JMoura diz:

    É falso que alguém proceda ciminalmente contra os queixosos. Tomara que isso fosse verdade tornava mais fácil aos lesados fazerem a reconversão.

  5. JMoura diz:

    Também fui burlado e a história em tudo é semelhante ao invocado pelos aqui queixosos, quer seja Ana Barbosa ou Ana Sousa a pessoa é a mesma, chegando mesmo em certos casos proporem que entreguem a casa para garantia do emprétimo. Não adianta esta Ana Sousa vir para aqui apresentar o seu repudio ou não, deve julgar que as pessoas são burras, são “incautas” face à burla através de meios inesplicavelmente possiveis face ao nosso sitema juridico e legal. Devem não assinar qq doc. e revogar por escrito todo documento assinado àquela empresa.

  6. Jorge Silva diz:

    Boa Tarde

    Como pode uma pessoa intitulada Ana Sousa vir tirar partido por uma empresa que nem o nº de Apoio ao Cliente Atende.
    Só pode essa pessoa estar sentada no seu sofá a usufruir dos depositos de pessoas aflitas que confiam na entidade que representa.
    Estou convicto que dentro de pouco tempo todas essas pessoas vão pagar muito caro todas as vigarices que fazem, olhem bem para traz pois um dia destes aparecem na valeta como todos.
    Por mim, acreditem que vou até ao fim do mundo mas vou apanha-los um a um.
    Bom ano 2012 para essa empresa ExtraConsumo e todos os seus familiares????????????

  7. maria rodrigues diz:

    A Sra e a sua empresa deve ser uma grande VIGARISTA!!!!!!!!!!!! Então as pessoas queixam-se sem razão????????? Eu própria acabo de ser mais uma das lesadas. Tenha vergonha, pois deve estar numa situação muito confortável com o dinheiro que ajuda a roubar a pessoas que em vós confiam, e acabam por pagar e nunca receber o credito que pedem. Como garantem que um credito foi aprovado, dão valores, prazos de pagamento, e depois nunca concedem os créditos????????????? Terá isto outro nome a não ser BURLÕES????? Tenha vergonha! Este é mais um caso para entregar á PJ e Comunicação Social, para evitar que lesem mais gente.VIGARISTASSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. João Macedo diz:

    Ao ler todas estas queixas, verifico que não fui o unico a ser burlado, por uma empresa de crédito supostamente séria, competente e profissional.
    O nome com o qual aqui me apresento não é ficticio, nem a minha queixa é infundada, também eu com a falsa garantia de crédito aprovado efectuei o pagamento via multibanco da quantia de 90 euros, que se destinavam aos gastos processuais e o resultado que obtive( além de ficar sem 90 euros), foi uma resposta muito tardia de que o meu crédito não era viavel sem a apresentação de fiadores.
    Contudo, lembro mais uma vez que no contacto inicial que a dita financeira estabeleceu comigo, tive a garantia de crédito ja aprovado, tendo inclusivamente sido informado do valor da prestação mensal que iria pagar pela quantia pedida.
    Acho muito sinceramente que a senhora que supostamente administra uma dessas empresas de burlas online, devia antes demais ter vergonha na cara e não ter a “lata” de ainda vir a terreiro ameaçar os lesados com procedimentos criminais.

  9. sandra diz:

    caros senhores, eu tb pedi ajuda a esta instituiçao, e qd me pediram dinheiro, antes de ter um contrato, nunca paguei, nao devem pedir, antes, só qd temos situaçao resolvida. qd vamos a uma entidade bancaria nao se paga nada certo?, entao nao paguem antes.
    pq nao fazem queixa na PJ?? eu faria juntando todas as pessoas q foram lesadas. ainda bem q nao cai neste conto da extraconsumo e outras.vejam junto do banco de portugal, se dá para fazer algo
    boa sorte

  10. Maria diz:

    Bom dia
    Fui uma das muitas burladas,em 2008 com um pagamento via MB no valor de 108,50, para despesas, garantindo-me que de seguida iriam emprestar-me o valor que eu tinha solicitado.
    Mas na verdade era tudo uma aldrabiçe, pois não responderam ao meu pedido e nem atendiam as minhas chamadas…
    Será que a nossa justiça não poderá fazer alguma coisa para apanhar estes burlões?
    Se a representante desta empresa diz trabalhar com todo o rigor e integridade e que todas estas queixas são infundadas , porque razão não devolve os 108,50 a cada pessoa lesada?
    Esta empresa está legalmente constituida? Tem livro de reclamações?
    Obrigada

  11. Ana Sousa diz:

    Venho pela presente, para os devidos efeitos legais e na qualidade de Administrador da sociedade “Extra Consumo – Soluções Financeiras, Lda.”, responder às queixas publicadas no sítio http://www.queixas.net, que visam a sociedade que represento.
    Tomou a sociedade por mim representada conhecimento de que foram publicadas as seguintes queixas no sítio http://www.queixas.net:

    a)Queixa intitulada “Empresa extra consumo”, publicada no dia 2 de Setembro de 2010;
    b)Queixa intitulada “Extra Consumo Soluções Financeiras”, publicada no dia 22 de Agosto de 2010;
    c)Queixa intitulada “Extra Consumo – A saga continua”, publicada no dia 2 de Abril de 2011;
    d)Queixa intitulada “Extra Consumo Queixas”, publicada no dia 24 de Maio de 2011;
    e)Queixa intitulada “Burla Extra Consumo”, publicada no dia 17 de Abril de 2011;
    f)Queixa intitulada “Queixa Empresa Extra Consumo”, publicada no dia 26 de Abril de 2011;

    Algumas das queixas acima mencionadas são ainda acompanhadas de diversos comentários colocados por utilizadores que, em muitos casos, não se identificam, utilizando para o efeito nomes fantasiosos ou pseudónimos.

    De referir que, quer as queixas apresentadas, quer os diversos comentários publicados de conteúdo ofensivo e têm um intuito difamatório, procurando unicamente denegrir a imagem, bom nome e reputação da sociedade “Extra Consumo – Soluções Financeiras, Lda.”Acresce ainda, que as referidas queixas são totalmente infundadas, não sendo sequer apresentado qualquer facto comprovativo das mesmas, sendo pois proferidas com o único intuito de causar prejuízo à sociedade por mim representada.

    Face ao exposto, a “Extra Consumo – Soluções Financeiras, Lda.” repudia todas e quaisquer queixas publicadas, as quais, repete-se, são desprovidas de qualquer fundamento e atentatórias do seu bom nome comercial.

    A “Extra Consumo – Soluções Financeiras, Lda.” é uma sociedade comercial que sempre pautou a sua actuação com rigor, profissionalismo e integridade, nunca tendo, em momento algum, agido com o intuito de enganar qualquer dos seus clientes, e sempre agiu de forma zelosa, cumprindo pontualmente com as obrigações legais ou contratuais a que está obrigada.

    Assim, a “Extra Consumo – Soluções Financeiras, Lda.” repudia todas as queixas e comentários publicados no sítio http://www.queixas.net, e reserva-se o direito de proceder criminalmente contra todos os utilizadores que tenham apresentado queixas infundadas e difamatórias, as quais considera serem lesivas para sua a legítima actividade comercial.

    20 de Agosto de 2011

    Ana Sousa

Deixa um comentário