Queixas COFIDIS

Credito cofidis

Fiz um credito na cofidis, pelo prazo de 58 meses e a pagar 91€, por mês. Até aqui tudo bem!!

Agora, findos os 58 meses e sem nunca ter deixado uma mensalidade por pagar, recebo cartas, telefonemas, mensagens e ao cumulo que chegaram que os telefonemas já são também para a minha filha, meu marido, meu local de trabalho…sendo que o teor das conversas não é o mais educado por parte dos funcinarios. Alguns são bastante mal educados.

Tenho tudo em dia e dzem que ainda devo mais de 1000€. Saliento que fiz um credito de 3000€. Já estará mais que bem pago, em 58 meses a 91€/mês.

Peço ajuda, pois estão fartos de me ameaçar e ja não sei o que fazer, a unica coisa que sei é que não vou pagar, mas esta situação ja me consome e está a reflectir-se na minha vida pessoal, devido aos telefonemas para o meu trabalho, vizinhos, etc.

Cofidis – Liquidação de Creditos

Venho vos dar a conhecer o que se tem passado desde o dia 5 de Janeiro de 2012 até ao dia de hoje “Reclamação”.

No dia 5 de Janeiro, contactei a Cofidis para proceder às minhas liquidações na totalidade.
Fui atendido espectacularmente bem ao qual deram me os respectivos montantes para pagamento que faltavam.

– Vida Livre: 40.16€
– Dinheiro Já: 192.18€

Estes pagamentos foram efectuados no mesmo dia pelas 12h30 +/-, ao qual estes senhores informam me que o pagamento tem de entrar no banco deles até as 14h do dia para terminação de processo.

Até aqui tudo ok…

Dia 7 de Fevereiro de 2012, recebo em casa uma carta ao qual tenho de efectuar um pagamento de 10.94€. Contactei os mesmos tendo estado ao telefone perto de uma boa meia hora.

Fui atendido de inicio por uma Sra Cátia Baptista ao qual transferiu me a chamada e pediu me para aguardar. Estive 7m a aguardar que me atendessem. Ao fim desses 7m uma Sra com o nome de Mara Costa deu seguimento ao meu processo.
A mesma informou me que um dos dossiers estava completamente pago, e que ainda faltava pagar um montante de 21.34€. Interroguei me e a ela, qual o porquê de não me terem dado os valores correctos, tendo a senhora pedido desculpas pois quem me atendeu era novato na empresa e deve de se ter enganado.
Desculpas aceites, acabei por efectuar o pagamento que esta senhora me deu de 21.34€ pelas 19h45 +/- para poder estar no banco deles as 14h.

Ora para meu espanto, hoje recebo mais uma carta em casa com o valor de 1.01€, isto até me fez rir, pergunto me, está esta gente toda a gozar ???

Contactei os mesmos mais uma vez, tendo me atendido o Sra Jaquine Henriques ao qual transferiu me a chamada para um Sr Rui Nascimento, tendo este também transferido a chamada para a Sra Sandra Gonçalves tendo me atendido de maneira apressada sem sequer querer saber ao certo o que tem vindo a passar. A mesma informou que após o pagamento deste montante, as minhas contas iriam ficar a zeros.

Espero não receber mais nenhuma carta em casa. Será possível tanta incompetência por parte de uma empresa que se diz uma empresa de relevo no mercado, só se for a roubar carteiras aos Portugueses.

Cofidis

A minha queixa é contra a Cofidis

Tenho um contrato de credito com a Cofidis cuja prestação mensal se vence a dia 5 de cada mês. Acontece que tenho as prestações em ordem, mas alguns meses pago a prestação por multibanco por volta de dia 15, pois é a altura que posso.

A Cofidis em nada perde, pelo contrário, pois aplica quase 100 euros de juros, por este atraso. Bom, a questão é que todos os meses, a partir do dia 5 ate ao dia em que pago a prestação, sou bombardeada por umas 5 ou 6 cartas da Cofidis, telefonemas ameaçadores para o meu telemóvel pessoal, para o do meu marido, para o meu local de emprego e do meu marido e já chegaram ao ponto de ligarem para casa dos meus sogros!

Os cobradores mudam de nome de mês para mês, mas a forma como o fazem é a mesma. Não se identificam com nome e apelido, e insultam, ameaçam, são mal educados, arrogantes e gozam o que se conversa com eles. Eu pergunto, será a Cofidis protegida pelo estado? Por quem a Cofidis protegida?

Eu não me parece normal esta forma de lidar com as pessoas! Quando vejo um anuncio da COFIDIS nas televisão, pergunto me, quem e esta gente?

Este foi o meu primeiro passo em termos de reclamação, mas estou tentada a ir até onde me for permitido, pois sou Portuguesa e exigo o respeito que me e devido e que as leis me defendam!

Não posso admitir que um funcionárizito desta empresa me chame, caloteira, pague o que deve, que pensa que anda a fazer, que se passa com a sua vida, pois não pagou, pague a divida e cale se, afinal qual e o seu problema, não sabe que deve, pague de imediato senão…., exigo que vá pagar de imediato, senão…., Aí não pagou? que se passa? vá imediatamente pagar! sua caloteira!

Mas, afinal o que é isto? Está tudo bem? Estou a exagerar? Digam-me por favor, os senhores do direito!

By: Ana Correia