Queixas Ediclube

Ediclube

A ediclube faz promoções sobre aparelhos em 32 meses sem juros, acontece que no meu caso houve 2 atrasos no pagamento e no mês seguinte eles levantam sempre o mês em curso e o mês que ficou por liquidar.

Este mês aconteceu essa situação e recebi sms a pedir a liquidação do bem (que era de 800 Euros) mas já paguei 5 mensalidades de 25€ ou seja 125€ no total. Expliquei à pessoa que me ligou que só poderia pagar a 25 do corrente mês (o que dá um atraso de 20 dias) porque era só quando o meu marido recebia e só nessa altura é que o poderia fazer que não tinha mesmo outra hipótese de o fazer.

Ao que ela foi muito desagradável e disse que teria de o arranjar o dinheiro de qualquer forma porque senão teria de pagar a totalidade do bem (agora exigem 810€. Mas já paguei 125 € disse eu.

São despesas disse ela e tem que pagar o bem todo.

Mas como é que podem fazer isto se essa situação não vem mencionada em nenhum documento que se eventualmente houver algum atraso tem que se pagar tudo e o que se pagou para traz não conta? Mas que empresas são estas que ninguém lhes faz frente, e ninguém vê como têm lucros, pois assim a roubar desta maneira é muito fácil. Não à fiscalização para estes casos?

Não sei como vai ficar a minha situação com a Ediclube mas fica aqui o meu descontentamento e muito cuidado com a Ediclube e outras que devem viver destes esquemas.

By: Teresa Gonçalves

País de pilantras

Estava a pesquisar na net e deparei-me com esse site. Vendo tantas queixas e em muitas me incluo, será que não nenhum órgão competente que veja e tome as devidas atitudes contra essas atrocidades?

Quando digo que me incluo, me refiro que fui burlada pela Extra-Consumo, pela Ediclube. A TMN é uma pouca vergonha porque inventa consumos em net móvel, o e-escolas é a maior vigarice que pode existir.

A EDP é outra com consumos loucos numa casa habitada por 3 pessoas que passam a maior parte do tempo ou no trabalho ou na escola. A minha casa tem consumo de um café!

Eu também estou espantada até hoje que ainda não recebi uma explicação plausível para esse consumo.

Quanto a bancos, o Millennium tem muito que se diga, sendo divorciada e tendo o meu ex-marido, por acordo, enquanto a partilha de bens não é resolvida, ficar na residência e pagar as despesas da mesma o que o sr se lembrou de fazer?

Abrir uma conta nova e assim passar o empréstimo do imóvel para essa conta, SEM MINHA AUTORIZAÇÃO. Eu fui ver se o empréstimo estava em dia, quando para minha surpresa na estava na conta conjunta. Questionei o banco o porquê. Me disseram que houve um pedido de uns dos titulares para passar para outra conta. Bem, eu perguntei com ordem de quem se o emprestimo tem dois titulares, sendo que eu não dei autorização nenhuma. O empréstimo voltou à conta original depois de muita discussão e ameaça.

Mas com relação a isso tudo e a outras pessoas, como poderemos ser ressarcidos de todos esses prejuízos já que mesmo que valores sejam repostos, nunca são pagos indemnizações em sujarem os nossos nomes? Como empresas dessas que se dizem honestas, sempre saem impunes das vigarices que praticam? Porque a DECO e outras entidades competentes não fazem nada?

PORTUGAL ACORDA!!!!!!

By: maria cecilia nogueira

Burla Ediclube

ATENÇÃO À EDICLUBE,

São uns BURLÕES, acabei de pagar 2 produtos em 2004 e em 2007 vieram pedir-me o valor de dois prestações através de advogada. Depois de dar a volta aos meus papeis na arrecadação lá consegui encontrar os documentos comprovativos de pagamento.

Pediram desculpa, que se tinham enganado a lançar o valor num outro produto meu, (mas ninguém me ligou a dizer que tinham recebido dinheiro a mais desse produto). Dai para cá todos os anos é a mesma festa, uma empresa de cobranças tenta extorquir a massa para a Ediclube e depois pedem desculpa.

GUARDEM TODOS OS DOCUMENTOS DE PAGAMENTO.

Abraço,

Rui Silva