Segurança Social de Loures

O meu pai vítima de AVC encontra-se acamado conforme relatório médico já entregue na Segurança Social e já foi inclusive a uma junta médica.

Sendo a minha mãe a cuidadora dele, já tendo ela alguma idade e também não podendo deixá-lo sozinho, desloquei-me eu à Segurança Social de Loures, no dia 23 de Agosto 2011, para tratar de um assunto relativo ao meu pai e estava acompanhado da minha filha, de colo, com 10 meses.

O segurança deu-me a senha de prioridade e aguardei a minha vez. Quando fui chamado, a funcionária da mesa 4 (a qual nem me dignei perguntar o nome, mas que está sempre sentada na mesma mesa) recusou-se a atender-me com aquela senha e disse-me que teria que tirar outra senha, pois o assunto que eu ia tratar não dizia respeito à criança, logo não teria direito à senha prioritária.

Tentei explicar-lhe que tinha o meu pai acamado e que se ela se dignasse a introduzir o NISS, iria verificar a situação, por isso não poderia ser ele a tratar do assunto, e embora não fosse um assunto da criança penso que a prioridade não é por assuntos, mas sim por estar com uma criança de colo. A empregada bem antipática insistiu que não me iria atender. Acho que não tenho que deixar a minha filha com outras pessoas e se a levo comigo acho também que estou no direito a ter prioridade.

O decreto-lei 135 /99 de 22 de Abril, actualizado pelo decreto-lei nº 29/2000 de 13 de Março sobre “Atendimento preferencial” cujo art.º9 , nº1 legisla:

“1 – Deve ser dada prioridade ao atendimento dos idosos, doentes, grávidas, pessoas com deficiência ou acompanhadas de crianças de colo e outros casos específicos com necessidades de atendimento prioritário.”

Agradeço desde já a vossa atenção e que me informem o que tiverem por conveniente.

Com os melhores cumprimentos,

By: Carlos

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


1 Comentário para “Segurança Social de Loures”

  1. Manuel diz:

    A 1ª coisa a fazer é pedir o livro de reclamações.

Deixa um comentário