Segurança Social

Cortaram-me o subsidio de desemprego seubsequente. Só soube quando me fui apresentar na junta de freguesia como obrigação quinzenal (4/5/11). Fui à segurança social directa e realmente lá constava que tinha cessado a 30/4/11 por reavaliação da condição de recursos.

Preparei-me para ir à segurança social presencialmente contestar com um documento elaborado por mim própria mas resolvi perguntar na segurança social directa o porquê e como reclamar já que não tinha havido alterações nos rendimentos e património e não tinha sido informada da cessação nem dos seus fundamentos.

Reparei também que havia um formulário de reclamação disponível mas que eu não podia preencher porque só se conseguia preencher tendo os fundamentos da decisão.

No dia seguinte responderam da segurança social directa:
(Cbr-ext-01-61) (…) informamos que deverá de aguardar pela notificação com os motivos da cessação das prestações (…)
Já não fuì à Segurança Social e fiquei a aguardar.

Passado um mês (do pedido para aguardar, não da cessação) como ainda continuava à espera dos fundamentos escrevi novamente pela segurança social directa dizendo: “ainda não me enviaram qualquer justificação para que eu possa reclamar.”

Responderam-me que “caso os beneficiários não concordem com esta cessação, podem apresentar nos Serviços de Segurança Social a “Declaração da composição e rendimentos do agregado familiar” – Mod. MG 8 – DGSS, devidamente preenchida e assinada, para que os Serviços procedam à reanálise do processo.” (cbr-ext-01-362)

Se tivessem dito logo isto provevelmente o caso já estaria resolvido. Não disseram e pelos vistos quem tem razão foi quem disse para esperar já que a única maneira de reclamar a contestar os fundamentos que são desconhecidos.

Mais, durante o ano de 2010 este agregado familiar apresentou os mais diversos documentos, com rendimentos, património, números das contas bancárias, declarações de autorização de investrigação, etc  devido a pedidos de apoio juridico. Os últimos dos quais datam de 24/9/2010. Nada se alterou desde então, nunca pediram que se preenchesse mais dados quanto à condição de recursos nem no site Segurança Social Directa (local preferencial para a sua apresentação) é permitido que se faça.

E para piorar, hoje (144-01-ext-cbr) dizem que não há qualquer contradição…
Remedeiem a situação por favor enquanto é tempo.

Porto, 7/6/2011

By: Marlene Félix

4 pensamentos em “Segurança Social”

  1. A minha irmã Isabel Dias acorda-me ás 7h da manhã põe-me na rua e só me abre depois ás 2h da manhã, recebe o meu dinheiro nem me dá dinheiro nenhum, não me dá de comer, nem me compra roupa nem outros. Quero ser eu a gerir o meu dinheiro, anular a autorização de ser ela a levanta-lo ou arranjem maneira de me pôr numa instituição. Instituição com intervalos para fumar e tambem pessoas femininas, porque não me dou bem quando é tudo masculino. Obrigado pela atenção. Rua Ponte do Carro 1273 R/C ESQ TRAZ-Guifões.

  2. È lamentável que uma pessoa que esteja a trabalhar por conta própria se atrasar um dia a pagar a sua contribuição para a Segurança Social comece logo em falta e a pagar juros.
    E no meu caso em particular em que a SEGURANÇA SOCIAL DEVE-ME à cerca de sete meses três mensalidades (contribuições) cobradas indevidamente.
    E que apesar de eu já ter feito cinco reclamações ainda não recebi nem uma resposta sobre o mesmo.
    È vergonhoso que uma instituição destas trate assim os seus contribuintes em que para eles SÒ existe Obrigações mas os deveres não existam.

  3. Nós os Portugueses andamos sempre a queixar das injustiças, onde vemos pessoas que teem mesmo necessidades de ajudas da segurança social e não as recebem quando vemos certas pessoas que o recebem porque estam na baixa ou sei lá onde estão inscritas. que ainda no tempo do PÃO DE AÇUCAR EM ALMADA QUE AGORA já é Jumbo vejam lá aos anos que ja não foi… A empregada do ex pao de açucar MARIA DA CONCEIÇãO MARTINS VALENTE , BENEFICIARIA DA SEGUANÇA SOCIAL 376426546 RESIDENTE DA RUA FERREIRA DE CASTRO NUMERO 7 , 2′ ESQUERDO Paio pires. QUE Já tem tantos anos de casa no ex pao de açucar como os que esta sentada no Parque da seixeira a causar conflitos aos que lá passam e esta a receber da baixa ou da segurança social onde esta senhora nem vai trabalhar porque nao lhe apetece porque quem tá doente fica em causa ou está sossegada sem causar conflitos na rua. ha mais de 15 anos que esta senhora n mete o rabo no trabalho e tambem quem tem culpa é a sua médica de familia que lhe dá os papeis para a baixa porque esta senhora quando entra no Posto médico do Seixal entra aos berros as enfermeiras e as pessoas que lá trabalham vao logo a correr para lhe atender com medo dos escandalos. Começo a pensar será que nós PORTUGUESES NÃO DEVERIAMOS FAZER O MESMO ,fazer escandalos para recebermos uma baixa eu tenho apenas 23 anos e ja trabalho a 6 anos já trabalho mais do que aquela senhora a vida dela toda e nunca recebi uma baixa, e já estive doente como toda a agente mas se todos fossemos como certas pessoas estava tudo de baixa a senhora queixa se de uma perna e não pode trabalhar quantos é que não teem pernas ou braços e teem que ir trabalhar porque não recebem nada do estado e esta senhora queixa se de uma perna a 15 anos ela é uma falsa ja o dixe e volto a repetir quem tá doente nao faz escandalos na rua nem no posto medico..

  4. ESTE PAIS é UMA VERGONHA PASAMOS A VIDA A FAZER QUEIXAS DAS INJUSTISAS PRATICADAS DE QUEM ESTÀ À FRENTE DAS INSTITUAÇOES,E SABEM O QUE ACONTECE QUANDO FAZEMOS QUEIXA?NADA!SAO LENTOS A RESPONDEREM E QUANDO RESPODEM ESTÀ RESOLVIDO,DEPOIS DE RESOLVIDO ACONTECE NOVAMENTE A MESMA SITUAÇAO(E VIRA O DISCO E TOCA O MESMO)E CÀ SE VAI ANDANDO DE CABEÇA PARA BAIXO.QUEIXAS AO PROVEDOR DE JUSTIÇA DA (IN)SEGURANÇA SOCIAL SAO VÀRIAS,SÒ NOS RESPONDEM PARA NOS CALAR,MAIS INFORMO QUE ESTOU DE BAIXA MÈDICA COM UMA DEPRESSAO PRATICADA PELAS INSTITUAÇOES DO ESTADO(SOU VIGILANTE ISTO .DIZ TUDO)MAIS INFORMO QUE A ULTIMA BAIXA QUE RECEBI FOI A 18 DE ABRIL E JÀ ESTAMOS A 20 DE JUNHO E AINDA NAO RECEBI NADA È UMA VERGONHA POIS ELES JÀ NAO A TEEM,ORA PARA CONTINUAREM A RECEBEREM ORDENADOS CHARUDOS TEEM QUE LIXAR OS MAIS PEQUENOS.POIS NAO VOU DE DESISTIR DE LUTAR PELOS MEUS DIREITOS.QUE VENHA UM 25 DE ABRIL MAS DE VERDADE.À O PORTUGAL DOS PEQUENINO MAS ESTE S`SÒ È DOS GRANDES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *