Serviço TMN

No dia 2 de Maio de 2011, depois de uma troca de emails, a minha empresa recebeu a visita de uma comercial TMN, Marlene Correia, que nos apresentou uma boa proposta de adesão aos serviços de telefone fixo, internet, equipamentos de telemóveis e com tudo isto a oferta de uma placa de banda larga de 100 megas, sem mensalidade.

O tempo passou, e só vieram instalar a internet e o telefone fixo.

No dia 19 de Maio, depois de várias tentativas de comunicação com a comercial, sem que ela atendesse o telemóvel, lá conseguimos falar com ela, e mostrou-se muito admirada dizendo que ia ver o que se passava.

Nesse mesmo dia, soubemos depois que deu entrada então o contrato dos telemóveis, cujos cartões ficaram logo activados. Mas a empresa só os recebeu no dia 1 de Junho. Os telemóveis apenas nos foram enviados em 27 de Junho. Mas a factura que recebemos era referente a Maio e Junho.

Fizemos várias queixas, mas cada um dos operadores parecia saber menos do que o anterior, sendo que se limitaram a abrir processos atrás de processos.

Quando os telemóveis chegaram, verificamos que um deles, Nokia x2 não aguentava ligado mais do que cinco horas.

Nova reclamação para o SOS telemóvel da TMN. Que sim, que viriam buscar o equipamento porque estava dentro dos trinta dias. No dia seguinte, nova chamada para a empresa a dizer que tinha havido um engano e que não podiam vir buscar o equipamento porque ainda não tinham passado trinta dias, e que a empresa é que tinha de resolver a situação.

Da placa de banda larga prometida ninguém sabe de nada. Mas fartaram-se de telefonar para a empresa a solicitar que em vez desta banda sem mensalidade ficássemos com outra com mensalidade de 2,50 euros, o que sempre recusámos.
Banda Larga TMN
Resultado: queixa para a ANACOM, queixa para o Serviço de Clientes com a nota especial de que não serão pagas quaisquer facturas até a situação estar resolvida.

By: Maria do Carmo

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook


Deixa um comentário