Vencimento

Venho por este meio pedir um esclarecimento,

Trabalho numa empresa de segurana privada na qual desempenho a funo de vigilante, acontece que por infelicidade minha tive um problema bancrio do qual me descontam um tero do meu vencimento todos os meses.

A firma de segurana teima em no pagar na data que deveria ou seja os meus colegas recebem o vencimento ao dia 8, 9 e a mim pagam-me ao dia 14,15 se mesmo assim fosse certo o pior e que j me tem pago o vencimento a 28, 20.

Os meus colegas j receberam o vencimento relativo ao ms de Janeiro e eu ainda no e ainda por cima me descontam todos os meses cinco euros que dizem ser para fazer face as despesas que tem de enviar o dinheiro para o tribunal ser de lei fazerem isto?

Como posso actuar? que estou farto de reclamar perante os patres mas todos os meses acontece a mesma coisa.

Muito obrigado aguardo uma resposta.
Atentamente,
RUI PEREIRA

4 pensamentos em “Vencimento”

  1. COMEA A SER DIFICIL DESTINGUIR OS HOMENS DOS !
    EU PEDIA DINHEIRO MINHA FAMILIA PARA POR COMIDA EM CASA PORQUE PARA O RESTO J NEM PEDIA AT A DATA SEMPRE CUMPRI COM A EMPRESA MAS APARTIR DE AGORA J NO TENHO NADA A PERDER POIS A MINHA FAMILIA ACABOU, A MINHA ESPOSA NO AGUENTOU E DEIXOU-ME E LEVOU OS FILHOS SE CALHAR VO OUVIR FALAR DE MIM BREVEMENTE!

    Este o ltimo desabafo de algum que durante longos meses foi vtima de terrorismo laboral, viu-se privado dos seus direitos e ter agora atingido uma situao limite!
    mais um a juntar a muitos outros Agentes de Segurana Privada vtimas da inrcia do Estadoesperamos que este colega consiga, mesmo perante o aparente fim de linha em que se encontra, manter o discernimento e no tomar nenhuma atitude irreversvel!
    Escusado ser dizer para quem trabalhaquantas mais vidas iremos ver destroadas, famlias arrasadas etc
    Depois temos um sistema que ainda permite que estes terroristas, que outro nome no se lhes pode dar, ponham providncias cautelares e se sirvam dos instrumentos da democracia para praticarem impunemente estes atentados contra o nosso povo!
    O que se assiste um arremedo grotesco da sociedade humana.
    Nesta situao utilizaria mesmo um pargrafo do livro A revolta dos porcos que perfeitamente adequado situao:

    No final, os animais, ao olhar para dentro de casa, j no conseguem distinguir os porcos dos homens.

  2. Sou vigilante e todas as queixas que fiz ao provedor da ACT e outros orgaos do estado ficou todo da mesma foi como se nao tivese feito nada aqui est aquele que pago pelos contribuintes que devia fazer justia e sou abafa o que se passa com os vigilantes,por isso as empresas de segurana privada fazem o que querem porque tm qum os +porteja das vigarises pois comem todos do mesmo prato.
    O estado que acabe com o provedor de (in)Justia fica s o Prov.Europeu e chega porque em portugal a justia s para qum tenha dinheiro para comprala ou sobruna-la

  3. o mal que a ACT nao faz nada e o Provedor de Justia tapa um buraco mas logo a seguir destapa-o,tambem sou vigilante e sei que por traz diso muito dinheiro a correr para a que a lei nao se compra.alguem houve falar dos vigilantes da TV?claro que nao, tudo abafado,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *