Leque de Impulsos

Sabemos j que as empresas que contratam aproveitam a crise para explorar os seus colaboradores mas ainda mais grave existirem esquemas que iludem aqueles que desesperadamente procuram um emprego.

Dia 22 de Fevereiro, em mais uma procura de emprego, enviei o meu CV como resposta a um anncio de uma multinacional na rea de publicidade e marketing, a abrir novos escritrios na Margem Sul. Recruta para as reas de Administrao, Comunicao, Publicidade.

Logo no dia seguinte, ligou-me a Rute, recepcionista, a marcar uma entrevista para dia 24 s 11h.

A dita entrevista foi conduzida por um homem de sotaque brasileiro, Gilmar, que muito convenientemente no mencionou o seu apelido, assim como a recepcionista.

Durante uns breves 2 minutos, apenas me fez questes para confirmar os dados de uma ficha de informaes pessoais que eu tinha preenchido antes de entrar, e falou-me muito vagamente da empresa.

Da histria de vrias dcadas, dos 140 escritrios na Pennsula Ibrica, dos quais cerca de 45 em Portugal e dos clientes que tinham angariado, que motivavam a abertura de novos escritrios, e a contratao de mais pessoal.

Entre os clientes, citou empresas como a Sonae, a Galp, a Medis entre outras bem conhecidas. Explicou que, como empresa de marketing e publicidade, lhe cabia fazer a divulgao de novos produtos lanados pelas empresas suas clientes. Mas isto tudo dito to breve quanto possvel, sem lugar a questes.

Nesse mesmo dia, antes das 15h recebi um telefonema da Rute Parabns Patrcia! O Director adorou-a, foi uma das favoritas. Venha a uma entrevista de observao na segunda feira, 27 de Fevereiro. Estar connosco desde as 10H15 at s 19h. Como norma da empresa, no poder usar jeans, dever vestir-se de forma profissional e trazer calado confortvel pois passar vrias horas de p

Achei estranho que o processo de recrutamento acontecesse to rapidamente, mas ainda assim, fiquei entusiasmada com a possibilidade de um novo emprego. Ao longo do fim-de-semana comentei com amigos e foi numa destas conversas que fui alertada para a hiptese de se tratar de uma fraude.

Hoje, 27 de Fevereiro, dirigi-me empresa, mas com a pulga atrs da orelha, decidi confrontar de imediato a recepcionista com as minhas dvidas e questionei algo deste gnero uma vez que me foi dito que passarei o dia todo convosco, gostaria de saber exactamente ao que venho pois j tenho ouvido coisas sobre este tipo de entrevista

Reparei que a recepcionista ficou incomodada com a pergunta e sem saber o que responder, ento completei: quero saber se isto o que pregam ou se se trata apenas de vendas porta a porta e de estratgias para enganar as pessoas.. ao que ela respondeu efectivamente no puder negar que a empresa recruta para vendas porta a porta

No esperei que completasse a resposta, pedi de imediato a minha ficha e sa porta fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *