Loja POLY do Dolce Vita Tejo

No passado dia 22/08/11, s 19h15, efectuei a compra de um equipamento de recreao (helicptero modelismo) no valor de 119,99 Euros, na loja POLY do Dolce Vita Tejo.

Entretanto, optei por visitar algumas lojas e acabei por jantar num restaurante desse mesmo Centro Comercial. Quando abri a caixa do respectivo equipamento, por volta das 21h30, qual o meu espanto quando verifiquei que este se encontrava danificado com claros sinais de desgaste, nomeadamente: 1 das asa do helicptero danificada, 2 asas de substituio com claros sinais de desgaste, encontrando-se uma delas partida, falta de um parafuso no helicptero, comando partido na tampa das pilhas, boto de controlo de altitude calcinado, 2 botes soltos dentro do prprio comando e a falta do manual de instrues.

Todos os aspectos anteriormente mencionados, levaram-me a concluir que o equipamento no era novo e j teria tido algumas horas de utilizao.

Regressei de imediato (por volta das 22h) ao estabelecimento onde o comprei e solicitei junto do gerente da loja a devoluo do dinheiro ou a substituio do equipamento.

O responsvel dessa loja constatou os danos com alguma desconfiana e foi averiguar junto do colaborador se tinha verificado aqueles danos no acto da venda.

O colaborador mencionou que no tinha observado qualquer dano, mas que no tinha verificado o comando. De seguida, o gerente telefonou ainda ao tcnico da loja, o qual referiu que o helicptero tinha sido verificado e que estava operacional sem danos, pois caso contrrio no estaria venda.
Loja POLY do Dolce Vita Tejo
Assim sendo, o gerente de loja concluiu que o equipamento realmente encontrava-se em ms condies tal como referi mas que este no saiu da loja tal como se apresentava e supostamente eu seria responsvel pelos danos causados.

Deste modo, a soluo apresentada pelo gerente da loja foi proceder-se a um pedido de reparao do helicptero, ou seja, os estragos seriam reparados e a despesa ser-me-ia apresentada.

Caso no estivesse interessado levava o helicptero para casa tal como estava. Acabei mesmo por fazer o reparo que o gerente de loja poderia ter sugerido a troca por um outro qualquer equipamento da loja do mesmo valor mas at isso me foi negado.

Obviamente com grande descontentamento e frustrao, dei ordem para que a reparao fosse efectuada, pois interessava-me ver este processo resolvido com a maior celeridade possvel.

Acabei por mandar reparar o equipamento para que este ficasse operacional e como novo, pois no estava interessado em gastar 119,99 Euros para depois os deitar para o lixo.

No dia seguinte (23/08), aps analisar a situao com mais calma e ponderao pedi minha esposa para se dirigir loja para cancelar o pedido de reparao, pois deste modo estava a assumir culpas que no tinha e a pagar estragos que no fiz.

E assim foi, a minha esposa dirigiu-se loja exps novamente a situao e esclareceu que era impossvel fazermos aqueles estragos, uma vez que durante as horas que tivemos o equipamento connosco (menos de 3h00) estivemos no centro comercial, pelo que no o utilizmos.

Tenho mesmo os recibos de algumas lojas onde efectuei compras durante esse perodo. Contudo, a resposta continuou a ser a mesma duvidando da nossa palavra e quando questionado sobre os critrios da loja para a devoluo do dinheiro ou troca de um equipamento danificado, o gerente no foi esclarecedor.

A minha esposa referiu que assim sendo pretendia cancelar o pedido de reparao e levaria o helicptero tal como estava, pois pretendia mandar analis-lo noutra loja de sua confiana.

Foi-lhe pedido o documento do pedido de reparao para levantar o helicptero, mas como a minha esposa no o tinha com ela, dirigiu-se a casa referindo que voltava mais tarde para apresentar o documento e levantar o helicptero.

Quando regressou novamente loja a minha esposa ficou surpreendida com o facto de o helicptero no estar na recepo dentro da caixa onde tinha sido arrumado e estar na parte da oficina. Entretanto, o gerente esclareceu que queria carregar a bateria para que ela pudesse constatar que o helicptero estava a funcionar.

Numa segunda fase, esclareceu que o tcnico estava a substituir a tampa da caixa das pilhas, dado que tinham uma igual na loja.

Agora questiono-me, se existia a certeza de que o helicptero estava em perfeitas condies quando foi vendido, no percebo ento porque procederam troca da referida tampa, quando a minha esposa j tinha mencionado que queria levar o helicptero tal como se encontrava.

Solicitei junto de um profissional credenciado, pertencente Federao Portuguesa de Aeromodelismo, Eng Electrotcnico Pedro Marques, um parecer tcnico do helicptero, tendo este referido os mesmos danos que mencionei e que o comando apresenta um problema que torna difcil a estabilizao do helicptero em voo, pois dos trs compensadores existentes, dois esto partidos por no terem sequer os pontos de fixao no interior do comando.

A frustrao pelo sucedido imensa, sendo esta situao vergonhosa. Continuo sem perceber quais os critrios para se efectuar a troca de um equipamento danificado, tendo em conta que tinha o talo, o equipamento dentro da embalagem original e foi devolvido cerca de 3 horas depois da sua aquisio.

Para alm disso, a minha palavra foi posta em causa, o que ainda me revolta mais, por no ter culpa alguma.

Acabei por fazer uma reclamao escrita na loja e pretendo accionar os mecanismos oficiais caso no seja reembolsado ou me substituam o equipamento danificado.

Com a divulgao da situao incrdula que vivi, pretendo sobretudo alertar as pessoas para que esta situao no se volte a repetir.

By: Marco Antnio

3 comentários em “Loja POLY do Dolce Vita Tejo”

  1. Comprei um helicopetro double horse volation 9053 uma semana anterior ao Natal. Chegou o Natal e logo fui testar o aparelho com os mximos de cuidados uma vez k no tinha qualquer prtica.Depois de descolar cerca de 2m de altura tentei pousar mas pousou de lado e ao bater com as ps na relva partiu o suporte das ps superiores. Pois dirigi me h loja e encomendei a pea. Dissero me k irio ver se tinham em armazem e mandavo vir. Pois j pssaro 5 meses j liguei vrias vezes j fiz novos pedidos e nada ( estamos espera). Pensava eu k a “POLY” era uma grande loja (S se fr em rea)k de resto mais val comprar nas lojinhas tradicionais. Tenho pena k assim seja…

  2. Comprei um carro na loja em novembro para oferta ao meu afilhado esteve embalado ate meados de dezembro abri e tentei polo a trabalhar conforme me esplicaram na loja.
    Ao fim de algumas tentativas este o funcionou tornei a leva-lo a loja foi-me explicado que teria que ser enviado para Espanha devido a garantia,pedi para terem em considerao que seria uma prenda de natal e de facto foram atenciosos e resolveram o problema e antes do natal estava pronto.
    O carro foi ento entregue na noite de 25 de dezembro .
    Em meados de janeiro de 2012 surgu outo problema com o carro tornava a no trabalhar desloquei-me a loja deixei o carro.
    Disseram que seria a embriagem que teria agarrado mas iriam enviar para Espanha.
    Deixei o carro tendo e passado uma semana ligaram-me.
    Explicaram-me que o carro tinha a embriagem agarrada e sendo uma pea de desgas-te teriam que por uma nova e que se fosse normal de plastico custaria 6 Euros e de carbono 15 Euros aceitei por a segunda.
    Passado mais 3 Dias torna-me a ligar que de facto as embriagens estavam esgotadas e que talvez na concorncia encontraria para entrega imediata.
    De facto e conhecendo outras lojas manei arranjar o carro s que este tinha a embriagem danificada e um furo no piston.
    O que me lava a crer que de facto os responsaveis viram o que se passava e asacudiram a agua do capote.
    Resultado gastei mais 125 euros .
    Aconselho a terem cuidado com compras nesta loja.
    Refiro ainda que os funcionarios so bons e com um atendimanto Bom.

  3. DE LAMENTAR MAS SE FOSSE OUTRO TIPO DE PESSOA ( RUDE BRUTA MAL ENCARADA ) DE CERTEZA QUE O TROCAVAM POIS DE CERTEZA QUE FOI O QUE FIZERAM COM O ANTIGO DONO.
    COMPLICADO COMPRAR EM SITIOS DESSES, MAS O MELHOR SEMPRE ABRIR TUDO .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *