TAP

Lamentvel o tratamento que uma companhia de bandeira, como a TAP, d aos seus clientes.

No tenho dados, mas pelos elementos que recolhi, o voo para Valncia/Lisboa (e vice versa) deve ser o recordista em bagagens que NO SEGUEM, e este o termo correcto, pois devido s limitaes do avio, as mesmas so deliberadamente deixadas em terra.

Mete d uma empresa ter um posicionamento destes perante os seus clientes, caso no saibam, a qualidade nos servios no algo a que uma empresa se proponha atingir, ou ela tem essa qualidade ou no tm, e a TAP, na referida rota, anda aos papis, parece uma transportadora de vo de escada, assim caso no tenha condies de efectuar o servio com qualidade, dever abandonar esta prestao.

conhecido que esta rota tem picos que so ocasionados pelas partidas/chegadas dos cruzeiros (Domingos), qual a razo ento pela qual para este dia no reforada a oferta?

A utilizao de um meio que pudesse acomodar todas as bagagens dos passageiros poderia fidelizar clientes e eliminar hostilidades que se vo propagando de boca em boca a conhecidos e amigos, levando nestes potenciais futuros clientes, criao de estigmas perante a utilizao desta rota operada por parte da TAP.
Queixas TAP
Haver pior pavor do que projectar umas frias de sonho, e estas poderem ser comprometidas por factores exgenos?

ainda chocante que a TAP potencie a criao de GAPs, ao vender um servio que inclui bagagens (20kg), e saber de antemo que se vender toda a lotao do voo onde os passageiros transportam o limite de bagagem permitido, parte da mesma ter de ficar retida por incapacidade do avio as transportar. Como sabido, os senhores comercializam servios, e os servios so vendidos e s posteriormente utilizados, assim esta relao comercial utiliza uma base de confiana que o cliente d ao prestador do servio.

Faam agora um pequeno exerccio mental:

– Qual seria o vosso posicionamento perante um prestador de servios que se comporte como a TAP se comporta nesta rota? (Sejam honestos e crticos nesta anlise, pois s assim podero evoluir perante as criticas que vos so colocadas).

Para terminar, vergonhoso que esta situao tenha levado interveno da Guarda Civil espanhola no aeroporto de Valncia no voo TP795 de 12 de Junho de 2011 com partida marcada s 17.45. Foi triste verificar que o pessoal da placa, bem como a prpria guarda j tinha este problema identificado, e apontava a TAP como incapaz de resolver a situao.

Espero efectuar mais cruzeiros, MAS NO VOU UTILIZAR OS NOVAMENTE OS VOSSOS SERVIOS NESTAS CONDIES.

Reclamo FC2011-14985.

O prazo indicado pela TAP para uma resposta seria de 8 semanas, mas parece-me que percebi mal e ser de 8 meses o que foi indicado??? A ver vamos.

By: Jos Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *